O que fazer em Joinville: Dicas gerais, onde visitar e onde ficar

BrasilSanta CatarinaO que fazer em Joinville: Dicas gerais, onde visitar e onde ficar

Você com certeza já ouviu falar de Joinville, mas talvez não saiba que a cidade é a maior do estado de Santa Catarina, batendo até mesmo a capital. Além disso, Joinville guarda uma série de atrativos, destacando-se o turismo rural, os parques, museus e todos os outros diversos passeios, que lhe rendem uma variedade de apelidos: Cidade das Flores, Cidade da Dança, Cidade dos Príncipes e muito mais. Com a forte presença da imigração alemã em sua história, a arquitetura da cidade é cheia de casas no charmoso estilo enxaimel. Quer saber mais sobre seus encantos? Continue lendo e venha descobrir o que fazer em Joinville! 

Como chegar em Joinville

Joinville está localizada a cerca de 183 quilômetros de Florianópolis, capital de Santa Catarina. Se você está pretendendo chegar de avião, sua tarefa será simples, pois a própria Joinville conta com um Aeroporto, o Aeroporto Lauro Carneiro de Loyola. 

Já para quem opta por fazer a viagem de carro, a principal via de acesso é a BR-101. 

Também é possível chegar até a cidade de ônibus. Diversas empresas fazem viagens para Joinville, como a Catarinense, a Itapemirim e a Viação Eucatur. Saindo de Florianópolis, por exemplo, você encontra ônibus pela Viação Santo Anjo. 

Melhor época para visitar Joinville

Para decidir qual a melhor época para visitar Joinville, o principal fator será o seu gosto pessoal, visto que você pode aproveitar os principais atrativos da cidade em qualquer época do ano. 

Você também pode levar em consideração alguns dos festivais da cidade, que enriquecem sua programação do que fazer em Joinville. O tradicional Festival de Dança da cidade, por exemplo, acontece em julho. Se você for amante de dança, vale a pena conhecer este festival, o maior do mundo em número de participantes. Outro evento famoso é o Festival das Flores, que acontece em novembro. 

Quantos dias ficar em Joinville

Você consegue conhecer as principais opções do que fazer em Joinville em cerca de três dias na cidade. 

O que fazer em Joinville?

Pórtico e Moinho da XV

O Pórtico e Moinho da XV é parada obrigatória para a clássica foto na entrada de Joinville. Sua estrutura de madeira e tijolos é feita a partir do estilo enxaimel, guardando a tradição alemã. Se você está procurando o que fazer em Joinville para conseguir uma foto estilo cartão-postal, esse ponto é ideal!

Mirante do Morro da Boa Vista

Agora que você já conseguiu sua foto clássica, vamos começar com uma vista panorâmica de Joinville! O Mirante fica no Morro da Boa Vista, a cerca de 250 metros de altitude, de onde é possível contemplar a cidade e a Baía de Babitonga. Nos dias claros, você pode avistar até mesmo as cidades ao redor. 

A partir de uma trilha nas plataformas em meio à Mata Atlântica, você chega até uma versão menor, conhecida como Janela do Mirante. Para chegar até o topo da estrutura de cerca de 15 metros, os visitantes podem subir de escada ou de elevador. Também é possível chegar até lá de bicicleta ou de ônibus. 

Estrada bonita

Estrada Bonita é um dos roteiros de Joinville que inclui turismo rural, gastronomia e atrativos naturais, tudo isso em seus cerca de 5 quilômetros. O caminho foi fundado em 1885 por imigrantes que participaram da construção da estrada de ferro de Paranaguá. 

Na Estrada Bonita, você pode parar em algum dos restaurantes e apreciar iguarias típicas alemãs, aproveitar as propriedades rurais, como a do Senhor Ango Kersten para andar de trator e tirolesa, tomar banho de rio e muito mais. 

Parque Municipal da Caieira

Se você curte o contato com a natureza, o Parque Municipal da Caieira pode ser uma boa escolha do que fazer em Joinville. Este Parque oferece trilhas ecológicas e atividades educativas voltadas à preservação natural. 

Parque Ecológico Morro do Finder

Outro local que é tanto um espaço de turismo e lazer quanto um espaço de preservação é o Parque Ecológico Morro do Finder. São cerca de 50.000 metros quadrados de área, que reúnem uma diversidade de espécies, tanto da fauna quanto da flora pertencentes à Mata Atlântica, além de proteger algumas nascentes. Com uma bela vista para a Baía da Babitonga, o Parque Ecológico atrai visitantes que queiram o refúgio que a natureza proporciona. 

Parque Ecológico Caminho das Águas

E por falar em parques, a cidade está bem servida neste quesito! O Parque Ecológico Caminho das Águas possui uma série de atrações para pessoas de todas as idades que buscam o que fazer em Joinville. A começar pelas piscinas naturais, formadas pela fresca água do rio, onde é permitido utilizar bóias e caiaques. Quem quiser curtir um churrasco, pode utilizar os quiosques espalhados pelo Parque, levando apenas a grelha. É possível, ainda, curtir as trilhas em meio à natureza, fazer camping, ou se exercitar na pista de obstáculos e no slackline. Quem procura o que fazer em Joinville com as crianças também encontra no Parque Ecológico uma boa opção, já que  possui atividades como playground, jardim sensorial e o contato com pequenos animais. 

Estrada do Rio do Júlio

Outra dica para quem gosta de passeios em que é possível contemplar a natureza é a Estrada do Rio do Júlio. São 28 quilômetros que ligam a cidade de Schroeder à Serra Dona Francisca, sendo que boa parte do caminho pertence à Joinville. O trajeto pode ser feito de carro, de moto ou de bicicleta para os mais animados, e é repleto de árvores, cascatas, pequenos lagos e animais. Você ainda se depara com algumas surpresas, como a delicada Igrejinha das Hortênsias, uma pequena igreja no topo de um morro que em certas épocas do ano fica todo florido. 

Serra Dona Francisca

A Estrada da Serra Dona Francisca fica na região do planalto e possui um trecho de 4 quilômetros todo cercado por paisagens da Mata Atlântica, em meio a diversas curvas sinuosas. A estrada data de 1858, e foi uma das primeiras a receber carroças ligando a região de Joinville ao litoral do estado de Santa Catarina para transporte de produtos. Ao longo do trecho o viajante poderá ver diversas casas no estilo alemão, algumas transformadas em restaurantes e lanchonetes. Além disso, há um mirante com uma bela vista para as montanhas e a serra. Se você quer tirar um tempo maior  para apreciar essa parte da natureza, existem passeios com guias turísticos saindo de Joinville que levam a algumas trilhas, caminhadas, circuitos e passeios de bicicleta percorrendo a serra, as cavernas, formações rochosas e montanhas. 

Parque Aquático Water Valley

Sabe aqueles dias de calor em que você só pensa em uma boa piscina para mergulhar com tudo? Bom, se você estiver se programando para visitar Joinville em um desses dias, o Parque Aquático Water Valley pode ser uma boa escolha. São 8 piscinas, além de 5 toboáguas, para a diversão de adultos e de crianças. Para a galera dos esportes, o Parque conta com quadra de vôlei e campo de futebol. Você pode, ainda, curtir um churrasco ou aproveitar para desafiar os amigos na mesa de sinuca. 

Parque Aquático Cascata do Piraí

Já deu pra ver que Joinville é cheia de opções para se divertir. Se você curte parques aquáticos, outra incrível opção para seu roteiro do que fazer em Joinville é o Parque Aquático Cascata do Piraí. A grande estrutura do parque abrange nada menos que 17 piscinas e 18 toboáguas, ou seja, não faltam atrativos para crianças e adultos que amam nadar. 

Museu de Arte de Joinville

Se você é mais das programações culturais, deve incluir o Museu de Arte em sua programação do que fazer em Joinville. São mais de mil obras, que incluem desde artistas locais a artistas internacionais. Vale a pena reparar no prédio, que data de cerca de 150 anos atrás. O edifício pertenceu ao imigrante alemão Ottokar Doerffel, criador do primeiro jornal da cidade. 

Museu Nacional de Imigração e Colonização

Você deve saber que a imigração possui um papel bastante relevante na formação de Joinville e de outras cidades do sul do Brasil. Assim, não é por acaso que a cidade possui um museu todo dedicado ao tema. Desde 1961, o Museu conta com um acervo que inclui documentos e objetos relacionados ao processo de imigração para a região. A sede do Museu é um casarão cuja construção ocorreu em meados do século XIX, conhecida como Maison de Joinville. Se você se interessa por história, é uma boa dica do que fazer em Joinville. 

Casa da Memória e Cemitério do Imigrante

A Casa da Memória é um edifício de preservação histórica e cultural, instalado na antiga residência do coveiro de um dos primeiros cemitérios da cidade. O Cemitério do Imigrante, anexo à Casa da Memória, é tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e possui quase 500 sepulturas, datadas entre 1851 e 1913.  Entre elas, estão os primeiros imigrantes que colonizaram a região, afro-descendentes e luso-brasileiros.

Escola do Teatro Bolshoi

Joinville possui uma estreita relação com a dança. É na cidade que acontece o maior Festival de Dança do mundo em número de participantes, e é lá também que uma importante instituição tem seu lugar: a Escola do Teatro Bolshoi. A Escola de Joinville é a única filial da famosa e tradicional escola de origem russa, uma das mais importantes para o ballet mundial. A instituição possui uma grande infraestrutura para acolher os alunos que vêm de todo o país aprender com o método russo. 

Agrícola da Ilha

Além de outros vários títulos, Joinville é também conhecida como “Cidade das Flores”, e você encontra várias delas na Agrícola da Ilha, um parque dedicado ao cultivo de diversas flores e plantas, formando lindas paisagens coloridas. O local conta ainda com atividades pedagógicas, jardim sensorial, playground e diversas outras atrações. 

Parque Zoobotânico

Se você é do time dos que procuram um bom passeio em meio à natureza ou uma tarde agradável com a família e as crianças, não deixe de visitar o Parque Zoobotânico. O Parque é uma área de floresta preservada bem no meio de Joinville, ideal para um piquenique, uma caminhada ao ar puro ou um passeio com a criançada, tendo como cenário as árvores nativas da Mata Atlântica, animais e lagos. O parque tem entrada gratuita, e fica aberto todos os dias de 07 h da manhã às 19 h. Além disso, suas trilhas são todas calçadas, o que proporciona acessibilidade tanto para pessoas com deficiência quanto para famílias com carrinhos de bebê. Se você está visitando o Parque Zoobotânico em Joinville e deseja fazer uma caminhada a mais ou mesmo um passeio de bicicleta, uma boa dica é emendar com uma visita ao Mirante do Morro do Boa Vista, citado no começo deste artigo e que fica a cerca de 2km do Parque Zoobotânico.

Catedral de Joinville

A beleza estonteante da Catedral Diocesana São Francisco Xavier impressiona desde os homens de muita fé até os não católicos. Composta por duas grandes cúpulas em formato de concha, 20 vitrais e mais de uma dezena de colunas, a arquitetura da Catedral é de se impressionar. Com um projeto de reconstrução que levou mais de 40 anos para ser concluído, cada parte da Catedral tem um sentido histórico e religioso muito rico, desde as grandes escadarias representando a caminhada dos homens até Jesus Cristo ao lado dos Profetas, até as 12 colunas representando cada um dos 12 apóstolos. É uma boa dica do que fazer em Joinville para quem aprecia arquitetura e turismo religioso.

Barco Príncipe

Se você estiver com tempo suficiente, não deixe de incluir o passeio no Barco Príncipe em sua lista do que fazer em Joinville. O passeio te leva pela Baía de Babitonga e percorre as diversas e lindas ilhas de seus arredores, como a Ilha do Mel, a Ilha Grande, a Ilha das Claras e várias outras. 

Onde comer em Joinville

Depois de um dia cheio de passeios, nada melhor do que parar um pouco, retomar o fôlego e matar a fome. Afinal de contas, viajante de barriga cheia é viajante bem humorado! Pra não bater o desespero na hora que a fome apertar, veja as dicas que separei do que fazer em Joinville para saborear uma boa refeição. 

Apesar do nome complicado, o Zum Schlauch tem opções para todos os gostos. Além do buffet self-service, o restaurante também apresenta opções a la carte, como carnes, massas, hambúrgueres, entre outras. Não dá pra deixar de falar também das opções típicas da culinária alemã, como o famoso marreco recheado. 

Fugindo um pouco da temática tradicionalmente europeia de Joinville,  Didge Steakhouse é um pub de inspiração australiana. O destaque vai para as carnes, como a suculenta costela ao molho barbecue. A decoração também é baseada na Austrália, e o som fica por conta do rock. 

Quem procura uma cozinha contemporânea e arrojada vai encontrar no Mamma Lu Bistrot. A cozinha comandada pelo chef Fábio Espinosa prioriza os frutos do mar e seleciona ingredientes frescos, escolhidos pessoalmente pelo chef. As influências da cozinha de Espinosa mesclam elementos regionais e internacionais em sabores únicos. 

O que fazer nos arredores de Joinville

Partindo de Joinville até a praia mais próxima é um pulo! É o caso, por exemplo, de Barra Velha, a pouco mais de 50 quilômetros da cidade. Apesar de pequena, Barra Velha possui 9 praias, além da Lagoa de Barra Velha, ideal para quem gosta de pescar. 

Outra dica é São Francisco do Sul, uma ilha bem próxima a Joinville. São Francisco é uma das cidades mais antigas do Brasil e cenário de lindas praias. 

Anote essas dicas/Informações finais

Joinville é uma cidade com uma diversidade de atrativos. Se você já tiver em mente as trilhas e parques, vale a pena se preparar para uma caminhada leve. Roupas confortáveis e calçados adequados sempre ajudam!

Gostou dessas dicas do que fazer em Joinville?

Boa viagem e aproveite a cidade!

Daniel Gualberto
O desejo de poder sempre viajar e compartilhar minhas dicas com a maior quantidade de pessoas, me levou a entrar no mundo dos blogs e mídias sociais, e um dia ter o Fica Ativo e Viaja (#FAV) como um das mais respeitadas referência em blog de viagens do Brasil.

Post relacionados

Daniel Gualberto

O desejo de poder sempre viajar e compartilhar minhas dicas com a maior quantidade de pessoa!

10FansLike
176FollowersFollow
42FollowersFollow
- Propaganda - spot_img
- Propaganda - spot_img
- Propaganda - spot_img
- Propaganda -
- Propaganda -

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.