O que fazer em Londrina: Dicas gerais, onde visitar e onde ficar

BrasilParanáO que fazer em Londrina: Dicas gerais, onde visitar e onde ficar

Pode ser que Londrina ainda não esteja na sua lista de destinos desejados, mas a verdade é que se você der uma chance a essa cidade, é bem provável que ela te conquiste. A segunda maior cidade do estado do Paraná possui atrativos diversos, desde aqueles que te permitem estar em contato próximo com a natureza, até atrativos históricos e culturais. Além disso, a cidade é considerada como a Capital do Café, devido à grande produção do grão que está presente na rotina da maior parte dos brasileiros, integrando a Rota do Café, da qual também fazem parte outras sete cidades do estado. Dizem que seu nome foi dado pelos colonizadores ingleses em homenagem à capital da Inglaterra, Londres, cujo clima enevoado tem algumas semelhanças com a nossa Londrina. Ficou curioso para saber mais sobre a cidade? Venha descobrir aqui o que fazer em Londrina!

Como chegar em Londrina?

Para planejar como fazer para chegar em Londrina, considere a distância de onde você está partindo e as opções disponíveis. Muitos viajantes optam por pegar um avião, pois as longas distâncias podem ser feitas rapidamente dessa forma. Se esse for o seu caso, não se preocupe: Londrina conta com um aeroporto próprio, o Aeroporto Governador José Richa, pelo qual transitam voos nacionais e regionais. 

Chegar até Londrina de carro saindo da capital do Paraná, Curitiba, já não é tão rápido. As duas cidades estão a uma distância de cerca de 430 quilômetros, que podem ser percorridos pelas vias PR 376 e PR 369. 

Também é possível fazer este trajeto de ônibus, apesar da demora. Nesse caso, você encontra horários pela Viação Brasil Sul e pela Viação Garcia. 

Melhor época para visitar Londrina

Como Londrina possui vários passeios ao ar livre, é bom fazer o possível para evitar a chuva. Os meses de verão são os mais chuvosos na região. Uma boa dica nesse caso é programar sua viagem para meses de temperaturas mais amenas e menos chuvas, por volta de abril a novembro, assim, as chances de você encontrar o que fazer em Londrina são maiores. 

Quantos dias ficar em Londrina?

A resposta a essa pergunta depende, é claro, da sua disponibilidade. Mas, se quer uma dica, é possível fazer seu roteiro do que fazer em Londrina em cerca de 3 ou 4 dias. 

O que fazer em Londrina?

Bosque Marechal Cândido Rondon

Com cerca de 20.000 metros quadrados de área, o Bosque Marechal Cândido Rondon é uma área verde de Londrina na qual são cultivadas espécies remanescentes da vegetação original, além de algumas espécies exóticas. Para o lazer dos visitantes que buscam o que fazer em Londrina, o Bosque possui parque infantil, áreas para exercícios físicos e cooper. 

Jardim Botânico

Curtiu a ideia de passear e ter contato com o verde? Outro lugar para quem estiver à procura do que fazer em Londrina para isso é o Jardim Botânico. No Jardim, você encontrará lagos, formados a partir do Córrego Andorinhas, mais de 100 espécies vegetais nativas e, ainda, estufas em que são cultivadas espécies exóticas. Para quem estiver animado, há as opções de trilha ecológica leve e moderada. Além da sua importante função de conservação, o Jardim é um lugar bem agradável para quem quiser um passeio tranquilo, contemplativo e relaxante. 

Lago Igapó

Se quiser incluir mais uma linda paisagem em seu roteiro, faça uma visita ao Lago Igapó. O Lago foi formado a partir do ribeirão Cambezinho. Seu entorno passou por um processo de urbanização e revitalização, se transformando em um local de lazer, onde é possível praticar esportes na água, fazer caminhada na área, além de possuir pistas de aeromodelismo, entre outros atrativos. O Lago se tornou um dos principais cartões-postais da cidade, por isso, se você procura o que fazer em Londrina, vale a pena conhecê-lo.

Área de Lazer Luigi Borghesi

A Área de Lazer Luigi Borghesi é também chamada de Zerão, devido ao seu formato, parecido com um zero, circundado por uma pista de cooper. O espaço possui anfiteatro, quadras para prática de esportes e recebe, fora do contexto da pandemia, diversos eventos artísticos, culturais e esportivos da cidade. 

Cachoeira Salto do Apucaraninha

Um dos pontos turísticos mais imperdíveis de Londrina certamente é a Cachoeira Salto do Apucaraninha. A impressionante queda d’água possui 116 metros de altura e é formada pelo rio Apucaraninha, um afluente do Rio Tibagi. Na parte de cima da cachoeira, um mirante permite uma bela vista da paisagem. 

A Cachoeira fica na reserva indígena Apucaraninha, por isso, é importante fazer um contato com a FUNAI e pedir autorização para ir. Mas fique tranquilo, pois esse contato não envolve muita burocracia. 

Mata dos Godoy

Está curtindo essas dicas até agora e quer mais opções do que fazer em Londrina para curtir a natureza? A Mata dos Godoy é uma reserva natural de mata nativa, que abriga uma diversidade de espécies de aves, mamíferos e plantas raras. A maior parte do Parque é destinada à pesquisa ambiental, mas outra parte é destinada ao lazer. Por isso, o parque conta com trilhas, como as trilhas Projeto Madeira, Interpretativa e Catetos. A Mata fica localizada na Fazenda Santa Helena, no distrito de Espírito Santo, pertencente a Londrina. 

Parque Arthur Thomas

Uma boa dica do que fazer em Londrina que também segue esse estilo é o Parque Arthur Thomas. O Parque possui mais de 85 hectares, repletos de diversas atrações. Se você gosta de trilhas, por exemplo, saiba que o Parque Arthur Thomas possui 8, em diferentes graus de dificuldade. As lindas cachoeiras também completam a paisagem para quem estiver passeando pelo Parque e, se você der sorte, poderá avistar algumas das várias espécies de animais que vivem por ali. Para quem tem interesse em história, vale dizer que ali no Parque está a primeira hidrelétrica de Londrina, fundada em 1939, que foi desativada e está aberta à visitação. 

Museu Histórico de Londrina

Agora que você já viu as principais opções do que fazer em Londrina na natureza, veja também algumas opções de programações culturais. É o caso do Museu Histórico de Londrina Padre Carlos Weiss. O Museu tem como sede a antiga Estação Ferroviária, e pertence à Universidade Estadual de Londrina. Além de ser um acervo voltado à pesquisa acadêmica, é um espaço aberto à visitação e que conta com diversos artigos voltados à história de Londrina. 

Museu de Arte de Londrina

Para os amantes de arte, Londrina também oferece algumas opções. O Museu de Arte da cidade possui um acervo composto por obras de arte e uma biblioteca voltada à temática. A sede do Museu foi construída em 1952 e utilizada por anos como terminal rodoviário. Além de seu acervo, o Museu de Arte recebe, ainda, eventos como exposições, feiras, lançamentos e cursos. 

Planetário

Sua praia é a ciência? Não tem problema, você também encontrará o que fazer em Londrina. O projeto também faz parte da Universidade Estadual de Londrina, e, junto a outros setores, compõe o Museu de Ciência e Tecnologia da UEL. Se você não conhece um planetário, entenda um pouco: um projetor simula o céu visível com precisão, permitindo aos visitantes a experiência de contemplarem o universo e sua imensidão. 

Santuário de Graças Schoenstatt

O Santuário de Graças Schoenstatt foi criado pelas Irmãs de Maria de Schoenstatt, vindas da Alemanha. O Santuário é uma singela capela, construída de maneira semelhante à capela existente no Vale Schoenstatt na Alemanha e é muito procurado pelos visitantes, seja para contemplação do espaço, seja para orações. 

Catedral Metropolitana de Londrina

A Catedral Metropolitana de Londrina é um templo católico, que pertence à Paróquia Sagrado Coração de Jesus. A paróquia foi fundada em 1934, e, desde então, esta é a terceira catedral construída. Sua arquitetura é bem diferente das Igrejas que comumente vemos por aí. Em estilo moderno, seu formato se assemelha a um chalé. Sua construção data de 1970, quando a catedral anterior foi demolida para dar lugar à nova. 

Templo Budista Hompoji

Se o seu interesse é conhecer diferentes manifestações religiosas e culturais, vale a pena incluir em seu roteiro do que fazer em Londrina uma visita ao Templo Budista Hompoji. Este templo está em Londrina desde 1950, e é aberto aos visitantes que queiram conhecer. Além disso, ao longo do ano, recebe diversos eventos como retiros espirituais. Faça uma visita, aprecie este lugar único e aproveite o clima de acolhimento e relaxamento. 

Mesquita Rei Faiçal

Ainda seguindo este roteiro de turismo religioso, outro local para conhecer em Londrina é a Mesquita Rei Faiçal. O templo foi a segunda mesquita a ser construída no Brasil, no ano de 1968. A arquitetura árabe chama a atenção dos visitantes, além, é claro, de ser um espaço que representa a diversidade religiosa brasileira. 

Praça Nishinomiya

Você sabia que existe uma grande comunidade japonesa vivendo em Londrina? A Praça Nishinomiya é uma celebração disso. Esta praça foi projetada à semelhança dos Jardins de Pedra Zen, de Kyoto. É um bom lugar para caminhadas e ainda conta com academia ao ar livre. 

Rota do Café

Você já viu que a cidade de Londrina é considerada como a capital do café. Junto a outras cidades da região norte do estado, a cidade integra a chamada Rota do Café, que abrange 30 locais em 9 diferentes municípios. Neste roteiro, você poderá conhecer antigas fazendas de café, degustar a bebida em diferentes cafeterias, entrar em contato com os moradores e até mesmo participar da colheita e se aproximar deste aspecto tão importante da história da cidade e da região. É uma dica imperdível do que fazer em Londrina. 

Onde comer em Londrina?

É claro que não pode faltar em seu roteiro do que fazer em Londrina um momento para apreciar a culinária local. Se você já está salivando de imaginar, venha passar vontade lendo as dicas que separei. 

A primeira dica é para quem curte a ideia de encontrar a boa cozinha de inspiração tailandesa logo ali em Londrina: O Restaurante Bangkok. Além do foco na culinária tailandesa, o Bangkok também oferece opções da gastronomia chinesa, japonesa, vietnamita e, é claro, brasileira. Seu menu inclui saladas, sopas, massas, carnes e, ainda, uma variedade de opções vegetarianas e veganas. 

O melhor da gastronomia é que através dela podemos fazer várias viagens em uma única. Quer embarcar agora para a Itália? Faça uma visita ao Barolo Trattoria. A casa, que já existe há quase 20 anos, oferece em seu menu saladas, antepastos, sopas, risotos, carnes, massas e sobremesas. 

A próxima parada é a Argentina e o meio de transporte são os pratos do Cabaña Ganadera. Aqueles que amam carnes certamente vão se deliciar com o churrasco em estilo parrilla, no qual você escolhe entre os nobres cortes de carne. Como acompanhamentos, risotos, saladas e sobremesas e, é claro, bons vinhos. 

O que fazer nos arredores de Londrina?

Há diversas cidades relativamente próximas a Londrina que reservam muitas atrações a quem estiver disposto a esticar a viagem. É o caso, por exemplo, da Estação Barão do Rio Branco, que está a cerca de 90 quilômetros da cidade. Por ali você pode se aventurar pelas trilhas com as várias e lindas quedas d’água. 

Anote essas dicas/Informações finais

Se você está curtindo Londrina e quer fazer um passeio típico de morador, veja aqui uma dica bônus. Muita gente aproveita para dar um pulo no Terminal Rodoviário e tomar um suco por lá, mesmo se não precisar viajar ou pegar ônibus. Vale experimentar!

Gostou dessas dicas do que fazer em Londrina?

Boa viagem e aproveite a cidade!

Daniel Gualberto
O desejo de poder sempre viajar e compartilhar minhas dicas com a maior quantidade de pessoas, me levou a entrar no mundo dos blogs e mídias sociais, e um dia ter o Fica Ativo e Viaja (#FAV) como um das mais respeitadas referência em blog de viagens do Brasil.

Post relacionados

Daniel Gualberto

O desejo de poder sempre viajar e compartilhar minhas dicas com a maior quantidade de pessoa!

10FansLike
176FollowersFollow
42FollowersFollow
- Propaganda - spot_img
- Propaganda - spot_img
- Propaganda - spot_img
- Propaganda -
- Propaganda -

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.