Pontos Turísticos de Manaus: 23 principais lugares para visitar

Compartilhar

A capital do Amazonas é uma das cidades mais incríveis do Brasil. Para provar isso, acompanhe abaixo 23 pontos turísticos de Manaus que vão te dar uma outra visão dessa cidade.

Que Manaus fica no meio da Floresta Amazônica todo mundo sabe. De fato, a cidade possui inúmeras atrações naturais, como parques incríveis, rios fantásticos e uma vida selvagem com diversas espécies de animais.

Sendo assim, quem vai para Manaus quer mesmo é ver suas atrações naturais, as belezas da floresta que a circunda. Abaixo, coloquei os melhores desses passeios, para você não perder nada do que a floresta tem a oferecer de mais legal.

Mas não se deve esquecer que Manaus também tem atrações dentro de seu centro. A cidade é riquíssima em construções históricas, centros culturais e espaços artísticos.

Durante o Ciclo da Borracha, de 1879 a 1912, aproximadamente, a cidade viveu um período de grande desenvolvimento econômico, promovido pela extração de látex das seringueiras.

Foi nesse período que a cara da cidade mudou. Diversas construções luxuosas inspiradas na arquitetura europeia surgiram pela região central de Manaus.

A mudança foi tão grande que a cidade chegou a receber o apelido de “Paris dos Trópicos”, sendo uma metrópole muito rica no meio da floresta. Hoje, muitas dessas construções foram transformadas em galerias de arte e centros culturais, que valem muito a pena visitar.

É esse lado de Manaus, muitas vezes desconhecido, que eu resolvi ressaltar no texto. Abaixo, eu indico diversos pontos turísticos históricos, com uma arquitetura incrível para você tirar ótimas fotos.

Por fim, Manaus é uma cidade com uma cultura muito diferente e muito rica. Considerada a cidade mais exótica do Brasil, a capital amazonense possui uma forte inspiração indígena em sua cultura.

É, portanto, uma cidade múltipla, com diversas facetas que, juntas, transformam essa cidade em um destino imperdível. Acompanhe o texto, que eu vou te indicar os melhores pontos turísticos de Manaus e te dar dicas de como melhor aproveitá-los. Vamos nessa?

 1. Teatro Amazonas

Teatro amazonas
Teatro amazonas | pontos turísticos de manaus

A melhor forma de começar um passeio por Manaus é conhecendo o centro da cidade. Muitas vezes chamado de Centro Histórico, essa região guarda parte do passado da cidade em suas ruas estreitas e seus casarões centenários.

No fim do século XIX e início do século XX, Manaus passou por um período de grande crescimento econômico, que ficou conhecido como Ciclo da Borracha. Nesse período, surgiu na cidade uma elite econômica, que financiou construções luxuosas.

A mais famosa dessas construções é o Teatro Amazonas, construído por volta de 1896. É considerado o mais famoso dos pontos turísticos de Manaus, além de ser uma das 7 maravilhas brasileiras e um dos teatros mais bonitos do planeta.

Construído em estilo renascentista, o Teatro Amazonas possui uma nítida influência das casas de espetáculos francesas. Grande parte dos materiais utilizados em sua construção vieram da Europa, como os mármores, os lustres e as estruturas metálicas.

Na parte externa, chama a atenção a grande cúpula, que pode ser vista de diversas partes do centro. Apesar da cúpula representar as cores da bandeira do Brasil, as peças usadas vieram da França.

No interior, tudo chama a atenção. O teto possui uma pintura muito bonita, feita por artistas franceses, e no meio há um enorme lustre italiano.

Outro detalhe bem interessante é o pano que cobre o palco. Esse sim, feito por um artista brasileiro, representa o encontro dos rios Negro e Solimões.

Além de visitar essa parte principal, o ingresso dá direito a uma visita ao museu do teatro, onde você terá acesso a mais informações sobre sua construção, e também sobre espetáculos históricos que aconteceram nesse lugar.

A visita guiada custa R$ 20.

 2. Largo São Sebastião

14623 espaco cultural largo de sao sebastiao 1
Largo são sebastião

O Teatro Amazonas fica em uma praça muito bonita, conhecida como Largo São Sebastião. Esse é um dos endereços mais especiais da cidade, e concentra muita coisa legal em um pequeno espaço.

A primeira coisa a se notar no Largo São Sebastião é o calçamento, idêntico ao calçadão de Copacabana, no Rio de Janeiro. Dizem que o calçadão do Largo foi inspirado no encontro dos rios Negro e Solimões.

Acredita-se, na cidade, que o calçadão de Copacabana copiou o calçadão do Largo. De fato, de acordo com registros históricos, o calçadão de Manaus é 20 anos mais antigo que o do Rio de Janeiro.

No entanto, é provável que o Rio de Janeiro não tenha copiado Manaus: o mais provável é que tanto Manaus quanto Copacabana tenham copiado um calçadão ainda mais antigo, da Praça do Rossio, em Lisboa.

Além disso, o Largo de São Sebastião é cercado por construções históricas muito bonitas. Não deixe de visitar a Galeria do Largo, que recebe exposições de artistas locais.

A praça também possui diversas opções para comer. Menção especial merece o Bar do Armando, o mais famoso da cidade, um verdadeiro símbolo de Manaus. Não espere nada luxuoso ou turístico: o bar é simples, estilo copo-sujo.

Um dos programas mais legais de Manaus é curtir uma noite no Bar do Armando, sentado numa das mesas de plástico que ficam do lado de fora. Não se esqueça de pedir algum dos famosos sanduíches.

Um pouco mais turística é a Casa do Pensador, um bar e restaurante que fica do outro lado do Largo. O ambiente é bem charmoso e conta com mesinhas ao ar livre.

E, para completar, não deixe de experimentar um dos pratos mais tradicionais da cidade, o Tacacá da Gisela. O tacacá é uma espécie de caldo feito de mandioca e camarão, e a barraca da Gisela, que fica no Largo, serve um dos melhores da cidade.

 3. Igreja de São Francisco

Ali fica também a Igreja de São Francisco, que dá nome ao largo. É uma das mais antigas da cidade, além de ser um dos principais pontos turísticos de Manaus.

Essa igreja foi construída no fim do século XIX, e desde então se tornou uma das mais importantes da cidade. É muito frequentada tanto por fiéis quanto por turistas, por causa de sua grande beleza.

A igreja possui uma arquitetura um tanto diferente em relação aos outros edifícios da região. Inspirada nas igrejas góticas, ela chama a atenção com sua torre pontiaguda.

O interior tem uma decoração muito rica, e encanta pelas pinturas e esculturas sacras. Um dos destaques é a grande cúpula pintada de azul.

Além de ser um lugar bem interessante, a Igreja de São Francisco atrai tantas pessoas por sua localização, pertinho de outros importantes pontos turísticos de Manaus. Depois de conhecer o Largo e o Teatro, não deixe de conferir também essa igreja.

A entrada é gratuita.

 4. Palácio da Justiça

12922 palacio da justica 1
Palácio da justiça | pontos turísticos de manaus

Continuando o roteiro pelo centro histórico de Manaus, não deixe de conhecer o Palácio da Justiça, uma das construções mais bonitas da cidade.

Inaugurado no ano de 1900, esse Palácio é gigantesco, e segue o estilo renascentista, tendo sido inspirado nos palácios da Europa.

Mas não só os traços vieram de lá: diversos materiais usados na construção também foram trazidos do outro lado do oceano, como portas, pedras e objetos decorativos.

No interior, é possível ver o mobiliário da época em que o espaço sediava o poder judiciário, composto por móveis de madeiras nobres, objetos de decoração luxuosos e obras de arte.

Atualmente, o espaço funciona como Centro Cultural, recebendo exposições de arte e atividades culturais. O Palácio da Justiça fica localizado exatamente atrás do Teatro Amazonas.

A entrada é gratuita.

 5. Palacete Provincial

14623 palacete provincial
Palacete provincial

Outro ponto turístico bastante interessante na região do centro histórico é o Palacete Provincial. Construído em 1874, chama a atenção por sua fachada de cor avermelhada.

A princípio, foi a sede do governo da província, e depois foi usado como quartel da polícia. Atualmente, há cinco museus ocupando o palacete. 

Os museus são: Museu da Imagem e do Som, com fotografias antigas da cidade, Museu Tiradentes, sobre a história militar, Museu de Numismática, com moedas antigas, a Pinacoteca do Estado, com diversas pinturas e o Museu de Arqueologia.

Além disso, o Palacete fica na Praça da Polícia, considerada uma das praças mais bonitas da cidade. O lugar é bastante arborizado, o que deixa o Palacete ainda mais bonito.

A entrada é gratuita.

 6. Palácio Rio Negro

14623 palacio rio negro
Palácio rio negro

O Palácio Rio Negro é uma das mais belos pontos turísticos de Manaus, construído em 1910, já no final do Ciclo da Borracha. Sua arquitetura foi inspirada em palácios italianos, e surpreende pela beleza e pela riqueza de detalhes.

O palácio foi construído por um alemão que ficou rico com os seringais. Por isso, ele é uma das principais testemunhas do grande desenvolvimento econômico da cidade nesse período, e principalmente do luxo em que viviam os chamados “barões da borracha”.

A partir de 1918, foi adquirido pelo governo do estado e se transformou na residência do governador. Atualmente, o Palácio Rio Negro funciona como um centro cultural, e conta com exposições temporárias, eventos e atividades bem interessantes.

O palácio vale a visita por sua arquitetura e pela beleza dos jardins ao redor. O espaço rende fotos muito bonitas. Mas vale a pena também conferir os eventos que estiverem acontecendo no momento.

A entrada é gratuita.

 7. Museu do Índio

12922 museu do indio 1
Museu do índio | pontos turísticos de manaus

Esse é o mais importante museu dedicado à cultura indígena do Brasil. Por sua importância e pela abrangência de seu acervo, é um dos pontos turísticos de Manaus que não pode ficar de fora de sua viagem.

O museu conta com milhares de peças, como armas, adornos, instrumentos musicais e objetos do dia a dia, produzidos por diversas etnias de indígenas da região amazônica.

Ao apreciar essas peças, você vai conhecer um pouco mais sobre as formas de vida desses povos, sua arte, sua cultura e suas crenças. A visita é interessante porque é possível conhecer um pouco desse vasto território que é a Amazônia, tão cheio de culturas, sem ter que sair do centro da cidade.

A visita é indicada para todos, mas principalmente para quem gosta de cultura e história. A visita é guiada e custa R$ 10.

 8. Catedral Metropolitana

12922 catedral metropolitana
Catedral metropolitana

A Catedral Metropolitana é a igreja mais importante de Manaus, e também uma das mais famosas. Começou a ser construída em meados do século XIX, sendo uma das mais antigas construções da cidade.

A Catedral é bem grande, mas possui uma fachada bem simples. Foi construída antes do Ciclo da Borracha, por isso é uma construção sem muito luxo.

Mas mesmo assim é muito bonita. Seu traçado é semelhante ao de algumas igrejas do período barroco, e sua fachada branca com detalhes amarelos é muito fotogênica.

Ao redor da Catedral, há uma praça bastante arborizada, chamada Parque da Matriz, onde é possível sentar um pouco e descansar sob a sombra. Atrás da Catedral fica o Relógio Municipal, um dos monumentos históricos mais importantes da cidade.

 9. Museu da Cidade de Manaus

12922 museu da cidade de manaus 1
Museu da cidade de manaus

O Museu da Cidade é um dos mais interessantes pontos turísticos de Manaus. Fica no Paço da Liberdade, uma das construções mais bonitas da cidade, que foi antigamente a prefeitura.

O museu conta em detalhes tanto a história de Manaus, quanto a sua cultura. Em suas salas, é possível conhecer um pouco sobre os prefeitos que a cidade já teve, os imigrantes que ajudaram a formar o povo daqui, os alimentos e pratos típicos e muito mais.

Além de ser um passeio bem educativo, a visita a esse museu também é bastante divertida. O museu conta com um acervo muito lúdico, e suas exposições são tecnológicas, contanto com projeções e recursos digitais muito interessantes.

Se você é do tipo que sente sono só de pensar em museu, pode ir nesse sem medo. As informações são bem completas, mas apresentadas não de uma forma chata, cansativa, e sim de uma maneira bem cativante.

O museu fica na área portuária da cidade, não muito longe do Mercado Municipal. A entrada é gratuita.

 10. Mercado Municipal

14623 mercado municipal adolpho lisboa
Mercado municipal adolpho lisboa

Para completar um passeio pela Manaus dos anos de ouro, vale a pena conferir o Mercado Municipal. Fica pertinho do porto, em uma das construções mais belas da cidade.

O mais interessante da arquitetura do Mercado é que ele tem dois estilos bem diferentes. Virado para a Rua dos Barés, em sua entrada principal, a fachada é em alvenaria, pintada em tons de amarelo e vermelho, e segue o estilo art nouveau.

Ao fundo, virada para o rio Negro, a fachada é também em estilo art nouveau, mas totalmente construída em ferro e vidro. Essa estrutura em ferro fundido foi importada da França, e dizem que foi projetada pelo mesmo arquiteto da Torre Eiffel.

Se a visita já valeria pela arquitetura, o mercado se torna imperdível por seus produtos. Lá dentro você vai conhecer diversas frutas típicas da Amazônia, muitas ervas da medicina popular, artesanato e objetos de decoração belíssimos.

No mercado tem também algumas lanchonetes, onde você pode experimentar alguns pratos típicos. Faz sucesso não só no mercado, mas em toda Manaus, o X-caboquinho, que você não pode deixar de provar.

Esse sanduíche de nome estranho é um símbolo da cidade, sendo uma de suas iguarias mais conhecidas. Apesar das variações possíveis, o X-caboquinho é um sanduíche de pão francês com recheio à base de banana, queijo e tucumã, que é um tipo de palmeira.

O Mercado Municipal fica pertinho do porto da cidade, em uma das regiões mais movimentadas. E o movimento em Manaus quer dizer muvuca mesmo, muita gente em pouco espaço, vendedores ambulantes e tudo o mais.

Portanto, vá com tempo e calma. Apesar de ser pertinho de outros pontos turísticos de Manaus, vale a pena chamar um táxi e descer na porta.

 11. Ponte Rio Negro

12922 ponte rio negro
Ponte rio negro | pontos turísticos de manaus

Inaugurada em 2011, a Ponte Rio Negro é um dos mais novos pontos turísticos de Manaus. É considerada uma das mais grandiosas construções do estado, e é um símbolo da cidade.

A Ponte Rio Negro é a segunda maior ponte sobre rio do mundo. Possui 3,5 quilômetros, e sua estrutura pode ser vista de longe, atravessando as águas escuras do rio.

A ponte é convencional em sua maior extensão, mas no centro possui uma parte estaiada, de aproximadamente 400 metros. Considerando só essa parte, ela é considerada uma das maiores pontes estaiadas do Brasil.

Além de enfeitar a paisagem, a Ponte Rio Negro também funciona como um mirante para o rio. Se você animar, vale a pena dar uma voltinha na passarela para pedestres e tirar umas fotos do rio de um outro ângulo.

 12. Manauara Shopping

12922 manauara shopping
Manauara shopping | pontos turísticos de manaus

Se você gosta de fazer compras, então não pode perder o Manauara Shopping. Apesar de ter lojas de marcas convencionais, esse shopping não é nem um pouco comum.

Isso porque o Manauara é um shopping temático. Os detalhes, a decoração, o nome dos pisos: tudo ali tem relação com a floresta.

O shopping é bem grande e possui muitas lojas, praça de alimentação e cinema. Mas a maior atração mesmo é uma parede toda de vidro, com uma vista fantástica para uma verdadeira floresta interna.

Dar uma voltinha no shopping é um passeio bem legal, principalmente para aproveitar um pouco do ar condicionado. Ou para comer alguma coisa na praça de alimentação enquanto aprecia a vista para a florestinha.

 E, é claro, também comprar algumas coisas. Em Manaus, a natureza dá um toque especial até na hora de fazer compras.

O shopping, que é um dos mais visitados pontos turísticos de Manaus, fica na Rua Mário Ypiranga, no bairro Adrianópolis, um pouco ao norte do centro da cidade.

 13. Arena da Amazônia

12922 arena amazonas
Arena da amazônia

Quem gosta de futebol precisa conhecer o maior estádio de Manaus, a Arena da Amazônia. O estádio foi construído para a Copa do Mundo de 2014, uma vez que Manaus foi uma das cidades que sediaram o evento.

O estádio tem capacidade para 44 mil torcedores, e sua estrutura foi inspirada em trabalhos de cestaria indígena. Além da estrutura, diversos outros elementos do estádio foram inspirados na Floresta Amazônica.

Desde a sua inauguração, a Arena é um dos principais pontos turísticos de Manaus. Juntamente com a Ponte Rio Negro, a Arena está entre as mais ambiciosas construções da Manaus moderna.

O estádio fica no bairro Flores, ao norte do Centro e do Manauara Shopping. A visita guiada custa R$ 20.

 14. Parque do Mindu

12922 parque do mindu 1
Parque do mindu

A maioria dos turistas que vão à Manaus querem ver a floresta, e para isso o Parque do Mindu é um dos lugares mais acessíveis. O parque é uma grande área de preservação ambiental dentro do perímetro urbano da cidade, e é um dos pontos turísticos de Manaus mais visitados.

No parque, você vai poder conhecer a flora e a fauna riquíssimas da Floresta Amazônica. São dezenas de espécies diferentes, algumas raras, só encontradas por aqui.

O personagem mais famoso do Parque do Mindu é o sauim, uma espécie de macaco que se tornou símbolo da cidade. O sauim é típico dessa região, e infelizmente corre risco de extinção.

Além desse macaquinho, no parque é possível ver outras espécies de animais, desde pequenos mamíferos, como tatus e cotias, até diversos tipos de aves.

O parque possui diversas trilhas sob as árvores, o que é perfeito para fazer caminhadas em dias quentes. Visitar esse parque, apesar dele ficar pertinho do centro, é como fazer um passeio no meio da floresta.

Ônibus – linha 446 (Nova Cidade-Terminal).

 15. Museu da Amazônia

14623 museu da amazonia 1
Museu da amazônia | pontos turísticos de manaus

Outro espaço dentro da cidade para curtir uma verdadeira imersão na floresta é o Museu da Amazônia, também conhecido como Musa.

Esse museu tem uma área bastante grande, muito arborizada, com plantas típicas da floresta. O espaço conta com diversas trilhas, onde é possível contemplar as belezas da região e se sentir mais próximo da natureza.

Além das trilhas pelo cenário maravilhoso, o museu conta com diversas atrações. Uma das mais famosas é o lago com uma das plantas mais icônicas do Brasil: a famosa e lindíssima vitória-régia.

Outra atração muito procurada no museu é a torre de observação de 40 metros de altura. Lá do alto, é possível ter duas vistas bem diferentes: ao sul, você tem a cidade de Manaus, ao longe; ao norte, é a imensidão da Floresta Amazônica, que se perde no horizonte.

Além disso, há também um viveiro de orquídeas e bromélias, que reúne dezenas de tipos dessas plantas. Os espécimes são nativos da Floresta Amazônica, e são um bom exemplo da gigantesca biodiversidade dessa região.

Há ainda outras atrações, o que faz com que seja uma visita bem completa. É possível fazer a visita sem guia (R$30,00), mas é preferível o passeio guiado (R$50,00) para ter informações interessantes sobre a visita.

Ônibus – linha 448 (Cidade de Deus-Centro).

 16. Praia de Ponta Negra

14623 praia de ponta negra em manaus
Praia de ponta negra

Manaus não tem mar, mas tem praia. Aliás, o Rio Negro, que banha a cidade, é tão grande que mais se parece o mar.

Ao longo do Rio Negro, na época de seca surgem várias praias de água doce. Essas praias fazem sucesso tanto entre moradores quanto entre turistas, uma vez que são uma deliciosa forma de se refrescar do calor da cidade.

No período chuvoso, a água do rio sobe e, no lugar das praias, surgem igarapés, que são aquelas florestas inundadas. No entanto, mesmo durante o período chuvoso, algumas praias permanecem visíveis, mas ficam com uma faixa de areia bem menor.

A mais famosa delas é a praia de Ponta Negra, um dos mais badalados pontos turísticos de Manaus. Possui uma grande faixa de areia clara, que se destaca da cor escura do rio.

Além de um ótimo lugar para se refrescar nos dias muito quentes de Manaus, Ponta Negra é também uma das principais áreas de lazer da cidade. A orla de Ponta Negra possui uma ótima infraestrutura de lazer, e conta com pistas para caminhada, bares, quadras esportivas e muito mais.

Além disso, a região é uma das mais nobres da cidade, e possui diversos bares e restaurantes com lindas vistas para o rio. Os prédios sofisticados da orla criam um dos cenários urbanos mais bonitos de Manaus.

Como as demais praias de Manaus, a praia de Ponta Negra só surge durante o período de seca. Mas a orla é um dos principais pontos de encontro da cidade, tanto no período de seca quanto no chuvoso.

Quando o rio encobre a praia, no período de cheia, a orla vira o point da região. Por isso, vale a pena conhecer Ponta Negra independentemente da época do ano, para apreciar a beleza da paisagem e a imensidão do rio.

Ônibus – linha 120 (Ponta Negra-Centro) e 126 (Tarumã-Centro). Todos os ônibus dessa lista passam na região portuária da cidade.

 17. Praia da Lua

14623 praia da lua
Praia da lua

Ainda mais bonita que a Praia de Ponta Negra, porém menos movimentada, é a Praia da Lua. Ela é bem menos movimentada por ser mais distante, sendo só possível o acesso de barco.

A Praia da Lua é bem pequena, mas surpreende por sua beleza. Suas areias bem branquinhas contrastam com a cor escura do Rio Negro.

Para completar o cenário, a praia é cercada pelo verde majestoso da floresta. O lugar é praticamente intocado, e a sensação é de estar perdido no meio da floresta.

Claro, nos fins de semana a praia enche. Por isso, se você quer curtir a praia bem mais tranquila, vale a pena visitá-la durante a semana, quando o único barulho por ali é a água do rio e o canto dos pássaros.

A melhor época para visitar essa praia é durante a seca, quando a faixa de areia fica maior. No período da chuva, no entanto, a praia não chega a desaparecer, sendo possível aproveitar em todas as épocas do ano.

Para chegar na Praia da Lua é preciso pegar um barco na Marina do Davi, que fica em Ponta Negra. O trajeto de ida e volta custa R$ 14.

 18. Praia do Tupé

12922 praia do tupe 2
Praia do tupé | pontos turísticos de manaus

A Praia do Tupé é outra bem famosa na região. Como no caso da Praia da Lua, a do Tupé não enche muito, sendo um lugar mais reservado e bem mais tranquilo.

Essa praia fica dentro de uma área de proteção ambiental, por isso é realmente um cenário deslumbrante. A natureza intocada divide espaço com as águas escuras do rio, e no meio dessa paisagem surge a praia do Tupé.

As águas da região são bem tranquilas, uma vez que a praia não fica exatamente no rio, e sim no Igarapé Tarumã-Açu, formado por uma espécie de braço do Rio Negro.

A temperatura da água também é bastante agradável, e a areia é bem macia. Apesar dos visitantes, o espaço é muito relaxante e de uma beleza incrível.

Como no caso da Praia da Lua, a melhor época para visitar a praia do Tupé é na época de seca. Mas também ela não chega a sumir na época de chuva, ou seja, também é uma opção para todas as épocas do ano.

Para chegar, também é preciso pegar um barco na Marina do Davi, em Ponta Negra. O trajeto para a praia do Tupé é um pouco mais longo, demorando em torno de 30 minutos, e custa por volta R$ 34, ida e volta.

 19. Museu do Seringal

14623 museu do seringal 1
Museu do seringal

Tudo o que vimos no centro da cidade, todas aquelas construções luxuosas que deram a Manaus o apelido de “Paris dos Trópicos” se deve à extração do látex das seringueiras.

Por isso, visitar o Museu do Seringal é uma das melhores formas de conhecer a história da cidade. No museu, é possível ver como funcionava essa atividade econômica durante o seu apogeu, de 1879 a 1912.

Lá você vai ver como era a extração do látex, conhecer os instrumentos utilizados e as técnicas usadas. O mais interessante é que o museu representa um seringal, com a casa do patrão, as casas dos seringueiros e outras estruturas.

Apesar de tudo ser muito parecido com o que realmente existia na época do Ciclo da Borracha, vale a pena dizer que essas construções não são originais. O museu é, na verdade, o cenário de gravação do filme português A Selva, de 2002.

Apesar disso, toda a estrutura reproduz fielmente como era um seringal daquele período. A visita a esse museu é uma verdadeira imersão num dos períodos mais importantes da história de Manaus.

Para chegar, é preciso pegar um barco na Marina do Davi, em Ponta Negra. O trajeto custa em torno de R$ 32, ida e volta.

A entrada custa R$ 10.

 20. Núcleo Cultural Indígena

Se você é do tipo que gosta de conhecer novas culturas e abrir seus horizontes, é bem interessante visitar uma aldeia indígena durante sua viagem por Manaus. A de mais fácil acesso, que recebe turistas, é o Núcleo Cultural Indígena, da etnia Dessana Tukana.

Além de poder conhecer a oca, casa típica dos indígenas, você vai poder apreciar um pouco da cultura desse povo. Os turistas são recepcionados com danças e cantos tradicionais, o primeiro deles sendo o ritual de boas vindas.

Além de assistir às danças, é possível conhecer outras características desse povo, como por exemplo o artesanato que eles produzem. Leve um dinheiro extra, pois tem algumas peças à venda.

O guia explica também sobre a alimentação dos dessana, seus modos de vida, enfim, sobre toda a riqueza dessa cultura. Apesar de tão diferentes de nós, a cultura desse povo é maravilhosa, forte e resiste ao tempo e à cultura ocidental.

O passeio é tão legal que com certeza você vai querer se sentir um pouquinho indígena. E você, uma vez que os dessana costumam fazer as pinturas faciais no rosto dos visitantes.

Diversas empresas de turismo fazem esse passeio. Uma delas é a Iguana Turismo. Sobre mais agências, vou falar no fim do texto.

 21. Parque do Lago Janauari

12922 parque do lago janauari 1
Parque do lago janauari | pontos turísticos de manaus

Considerado um dos pontos turísticos de Manaus e região mais bonitos, o Parque do Lago Janauari é simplesmente imperdível. O parque fica no município de Iranduba, bem pertinho de Manaus, bastando atravessar o Rio Negro.

O parque é bem grande, e oferece paisagens muito bonitas. Na época chuvosa, quando o rio está bem cheio, é possível passear de barco pelos igarapés, as florestas inundadas.

Mas o que mais chama a atenção no parque são as vitórias régias, uma planta símbolo da Amazônia. O Lago Janauari é um dos melhores lugares para contemplá-las nas proximidades de Manaus.

Uma curiosidade sobre essa planta aquática é suas folhas redondas, que parecem uma bandeja. Outra coisa bem legal sobre a planta é que sua flor dura apenas três dias: no primeiro dia, ela é branca, no segundo, é rosa, e no terceiro, antes de morrer, ela é vermelha.

Além disso, durante o passeio você vai conhecer uma comunidade ribeirinha, com suas típicas casas flutuantes. Dependendo do passeio, há uma pausa nessa comunidade para almoçar em um restaurante.

Para o Lago Janauari, você precisa pegar um táxi do centro até o Porto do Ceasa, na zona leste da cidade. Lá, procure a cooperativa de barqueiros Solinegro, que realiza o passeio.

 22. Encontro dos rios Negro e Solimões

14623 encontro das aguas do rio negro e solimoes 1
Encontro das águas do rio negro e solimões

O encontro dos rios Negro e Solimões é um dos fenômenos mais grandiosos do Brasil. Atrai uma multidão de turistas, sendo o passeio mais procurado da cidade e talvez o mais famoso de todos os pontos turísticos de Manaus, juntamente com o Teatro Amazonas.

O Rio Negro, que a essa altura você já conhece, tem a água escura pois carrega muitos sedimentos vegetais. Já o Rio Solimões tem a água barrenta, marrom claro, pois desce de grandes altitudes dos Andes a uma velocidade muito alta, o que faz com que a terra do fundo se misture com suas águas.

Os dois rios gigantescos se encontram a leste de Manaus, e suas águas não se misturam imediatamente. Na verdade, os rios correm quilômetros separados, até enfim se misturam, formando o Rio Amazonas, o maior rio do planeta.

Isso acontece porque as águas dos dois rios possuem acidez, velocidade e temperatura diferentes. O resultado é uma verdadeira obra de arte feita pela natureza.

Ao ver imagens do encontro dos rios Negro e Solimões, muitas pessoas podem pensar que, por causa da imensidão do espetáculo, o local fica muito longe de Manaus. E pode ser uma surpresa saber que na verdade o encontro fica quase dentro do perímetro urbano da cidade.

Por isso, é um passeio imperdível e bem fácil de chegar. Os barcos para o encontro das águas também saem do Porto do Ceasa, na zona leste da cidade, e também são oferecidos pela Solinegro (a partir de R$ 20).

 23. Presidente Figueiredo

12922 presidente figueiredo 2
Presidente figueiredo | pontos turísticos de manaus

Uma boa opção de bate-volta é Presidente Figueiredo. Essa cidadezinha de 30 mil habitantes fica a uns 130 km ao norte de Manaus, e é muito famosa por ser o paraíso das cachoeiras e das cavernas.

São diversas cachoeiras e cavernas incríveis, uma mais bonita que a outra. E o mais legal: tudo cercado pela Floresta Amazônica, que dá uma beleza especial a essas paisagens.

A atração mais famosa de Presidente Figueiredo é a Caverna do Maroaga, com belíssimas formações rochosas que rendem fotos incríveis. Lá pertinho fica a Gruta da Judeia, outro ponto turístico da região.

Das cachoeiras, as mais famosas são a da Neblina e a de Iracema que apresentam um grande volume de água e cenários paradisíacos.

Outras cachoeiras bem interessantes são a da Pedra Furada, onde, como o nome diz, a água jorra de um buraco na pedra, e a Cachoeira do Mutum, com piscinas naturais de águas cristalinas.

Algumas dessas cachoeiras são de acesso um pouco mais difícil, mas com disposição é possível chegar a todas sem dificuldade. Presidente Figueiredo está atraindo cada vez mais visitantes, por isso conta com uma estrutura turística razoável.

Para chegar à cidade, você pode pegar, na rodoviária de Manaus, um ônibus da empresa Aruanã. Se você quer praticidade, pode contratar um passeio com alguma agência de turismo, como veremos abaixo.

 Onde ficar em Manaus

Booking.com

 Dicas para os viajantes de Manaus

Agora que você já conhece os principais pontos turísticos de Manaus, vou te dar algumas dicas para conhecer a cidade. Primeiramente, quando ir.

Como a cidade fica perto da Linha do Equador, há apenas duas estações: a de chuva (de dezembro a maio) e a de seca (de junho a novembro).

No período chuvoso, o rio enche e, nas margens alagadas, surgem os igarapés. Nessa época, é adequado os passeios de rio no meio da floresta alagada.

No período de seca, o volume de água do rio diminui, e nas margens do rio surgem muitas praias de água doce. 

Portanto, as duas épocas do ano tem seus encantos. O calor, como você já deve ter ouvido, é constante em todo o ano, alcançando frequentemente 40ºC.

Sobre os deslocamentos: eu coloquei acima as linhas de ônibus, mas o transporte público não é o mais adequado. Vale muito mais a pena chamar um táxi ou carro de aplicativo do que andar de ônibus.

Isso porque o trânsito de Manaus é bastante caótico, e os ônibus costumam encher. Sem falar que perde-se muito tempo esperando os ônibus.

Como o centro da cidade é muito movimentado, é preciso ter paciência. Em alguns pontos é tanta gente que se torna difícil caminhar, portanto não leve muito dinheiro e tome cuidado com seus bens.

Não vale a pena alugar carro porque os passeios mais distantes só podem ser feitos de barco. Além da Marina do Davi e do Porto do Ceasa, você pode comprar os passeios em agências.

Dito isso, você já está preparado para fazer uma viagem para a capital amazonense, essa cidade incrível que une arquitetura, história, cultura e natureza de uma forma única.

E prepare-se para uma verdadeira aventura. Apesar de ser uma cidade grande, moderna e com boa estrutura, Manaus está no meio da maior floresta tropical do mundo, num dos lugares mais intocados – e lindos – do planeta.

 Planeje  sua viagem para Manaus

Finalmente após um turbilhão de informações vou te dar a última dica: Em viagem, tempo é dinheiro. Para economizar seu tempo, agrupei todos os sites que sempre utilizo em minhas viagens.

Icone de hotel Começe a planejar a sua viagem reservando a hospedagem pelo Booking, quanto antes você reservar maior será sua economia.

Icone do seguro viagem É tão recomendável que chega a ser obrigatório. Com o seguro viagem você esta protegido com os cuidados à saúde assim como a cobertura em caso de acidentes e bagagem extraviada. Para a cotação eu utilizo e indico sempre o Real Seguro Viagem.

Icone do ingresso Para evitar os famosos perrengue chique, eu indico que compre todos os ingressos e passeios com antecedência pela Civitatis.

Icone do rentcars O aluguel de carro te garante uma experiência única e exclusiva, sua viagem dificilmente vai ser igual de outro viajante. Através da RentCars você consegue comparar preços entre as todas as locadoras da cidade.

Icone do avião Com o Skyscanner você encontra passagens áreas com até 35% de desconto para todos os destinos.

Icone da mala Nunca foi tão barato e simples viajar com malas premium! No GetMalas você aluga malas sem complicações e com muita segurança.

Icone do onibus Decidiu não ir pelos ares? Quando eu viajo de ônibus, pesquiso os horários, preços e as linhas de destino pelo ClickBus.

Daniel Gualberto
Daniel Gualbertohttps://ficaativoeviaja.com.br
Oi! Sou o Daniel. Sabe, lá em 2019, quando o mundo parecia um pouco louco, criei este blog. Por quê? Para “re-viajar”, mesmo estando parado no mesmo lugar. Maluquice, né? Mas acompanhe comigo. Já imaginou acordar com os pés na areia em uma praia isolada da Tailândia? Ou talvez tropeçar em uma pedra (e em sua própria história) enquanto se perde nas ruelas de Roma? Pois é, viajar não é só uma forma de matar o tempo. É um jeitão de viver, meu amigo! E adivinhe? Não é tão complicado quanto parece.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Leia Mais

Mais Noticias