Pontos Turísticos do Atacama: 8 principais lugares para visitar

América do Sul Chile Pontos Turísticos do Atacama: 8 principais lugares para visitar


Um dos lugares mais visitados da América Latina, o Deserto do Atacama é uma das regiões mais fascinantes do mundo. Veja uma lista de 8 ímperdiveis pontos turísticos no Atacama.

Considerado o deserto mais árido do planeta, possui, apesar disso, uma riqueza impressionante.

Foi ocupado desde milênios atrás por diversas civilizações e povos diferentes, dos quais existem vestígios ainda hoje.

Além da vida humana, abriga uma grande quantidade de outros seres vivos: desde a flora, típica das altitudes elevadas e climas secos, até algumas espécies de animais, como por exemplo as vicunhas e os flamingos, símbolos da região.

Considerado pelos místicos um dos polos magnéticos da Terra, sua beleza surreal tem, há tempos, despertado fascínio e povoado mitos.

Com paisagens de tirar o fôlego, possui cenários extremamente exóticos, que você não verá em nenhum outro lugar do mundo.

Então, vem comigo conhecer logo esse lugar incrível, porque essa será certamente uma das melhores viagens da sua vida!

 1.  San Pedro do Atacama

A cidade de San Pedro de Atacama
A cidade de San Pedro de Atacama

A porta de entrada para o Deserto do Atacama é a cidadezinha de San Pedro. Fica no meio do deserto, a 1.600 quilômetros a nordeste de Santiago.

É considerada o ponto de partida dos viajantes que vêm à região para explorar os incríveis pontos turísticos do Atacama.

E, além de porta de entrada e ponto de partida, San Pedro é por si só um lugar digno de uma visita. A charmosa cidadezinha tem aproximadamente 5 mil habitantes, e é construída num estilo inconfundível.

Diversas casinhas, simples e bem pequenas, construídas de palha e barro, se enfileiram na Rua Caracoles, a mais importante do lugar.

A arquitetura das casas é de uma simplicidade encantadora e única, típica dos pueblos indígenas dessa região da América Latina.

A sensação seria de ter voltado no tempo, se não fosse o grande número de turistas de todas as partes do mundo, que movimentam a cidade o tempo todo.

Além da pitoresca Rua Caracoles, há alguns pontos que você precisa visitar quando estiver na cidade. A Igreja de San Pedro, localizada na praça principal do vilarejo, parece cenário de filme.

Essa igrejinha, que é um dos mais característicos pontos turísticos do Atacama, foi construída com adobe e coberta com cactos. Apesar do material de que é feita, permanece de pé até hoje.

Foi construída no fim do século XVIII pelo colonizadores espanhóis, e encanta os turistas do mundo todo com sua simplicidade.

A última coisa que alguém pensa em visitar quando está no Atacama é museu, certo? Mas, acredite: em San Pedro há dois museus que eu recomendo que você visite antes de começar a explorar o deserto.

O Museu Gustave Le Paige reúne uma grande quantidade de artefatos arqueológicos, construídos pelos atacamenhos, os povos originários da região.

Nesse museu você verá obras de arte, objetos do dia a dia, roupas e armas pertencentes a esse povo. Visite também o Museu do Meteorito, que reúne milhares de meteoritos que caíram no deserto ao longo de décadas.

Ideal para quem se interessa por astronomia e observação astronômica, que é uma das especialidades do deserto do Atacama.

Bem pertinho de San Pedro, a apenas 3 quilômetros, fica Pukará de Quitor, um sítio arqueológico de proporções monumentais.

São as ruínas de uma fortaleza, construída no período pré-colombiano pelos atacamenhos, sendo posteriormente conquistada pelos incas. Ainda que a fortaleza esteja hoje em ruínas, ao visitá-la você vai sentir a grandiosidade dessa construção.

E, mais ainda, sentirá a grandiosidade do deserto ao redor, uma vez que ela fica em um local elevado.

Por sua grande importância histórica, é considerado um dos mais interessantes pontos turísticos do Atacama. Além disso, é um bom lugar para você começar a sentir a energia do deserto, e para começar a se adaptar ao clima.

Reserve já a sua Excursão de 4 Dias pelo Deserto Mágico

 2.  Vale de Marte

Um dos mais conhecidos pontos turísticos do Atacama, o Vale de Marte é uma das paisagens mais exóticas que você vai ver na vida.

A combinação de dunas e rochas que se erguem do solo, esculpidas ao longo dos séculos pelo vento, forma um cenário digno de outro planeta.

O nome vem justamente dessa aparência de outro mundo, tendo surgido quando um turista, encantado com a paisagem, disse que se parecia com Marte.

De fato, o solo e as rochas de cor avermelhada lembram um pouco esse planeta.

E, como a paisagem é extremamente selvagem e inóspita, a região também é conhecida por um outro nome: Vale da Morte. Experimente passear pelo solo pedregoso e pelas paisagens incríveis desse lugar, e aproveite para tirar inúmeras fotos.



Outra opção para aproveitar o vale é a prática de sandboard. De noite, o Vale de Marte é perfeito para observar as estrelas.

Além de ser um passeio imperdível, uma das vantagens do Vale de Marte é sua proximidade com San Pedro: dista apenas 2 quilômetros da cidade. É possível ir a pé, mas por causa do sol forte, a forma mais confortável de chegar até lá é de carro.

Um ponto importante que fica entre o Vale de Marte e o vale que veremos a seguir é a Pedra do Coyote, onde há um mirante chamado Mirador de Kari.

Desse mirante, que é um dos mais sensacionais pontos turísticos do Atacama, tem-se uma vista impagável dos vales ao redor, além de um dos mais belos crepúsculos das redondezas.

A entrada no vale custa 3.000 pesos chilenos.

 3.  Vale da Lua

Pontos Turísticos do Atacama - Vale da Lua
Pontos Turísticos do Atacama – Vale da Lua

Se o vale anterior parece uma visita ao planeta vermelho, logo ao lado você pode se sentir na lua.

O Vale da Lua possui, como o anterior, formações rochosas muito interessantes e únicas, esculpidas durante séculos pela ação dos ventos e da escassa chuva que cai na região.

Repleto de crateras, lembra um pouco a superfície lunar, sendo por isso um dos mais famosos pontos turísticos do Atacama. O solo do Vale da Lua e suas formações são compostos de sal, além de rochas típicas da região.

Uma das formações rochosas que se destacam por lá é a “Tres Marias”: um conjunto de três pedras que se erguem do solo uma ao lado da outra, das quais uma desmoronou. Além disso, outro destaque fica por conta de El Azzi, uma incrível caverna de sal.

Outra das atrações que o Vale da Lua oferece é o entardecer: quando o sol começa a se pôr, todo o vale se torna um espetáculo de cores e de luzes. Além disso, como o nome já nos indica, o Vale da Lua também é ótimo para observações astronômicas.

A entrada custa 3.000 pesos chilenos.

Clique aqui e contrate uma Excursão VIP Vale da Lua ao Pôr do Sol

 4.  Laguna Cejar e Laguna Tebinquinche

Laguna Cejar
Laguna Cejar

Ao sul de San Pedro fica a maioria dos pontos turísticos do Atacama. Um dos passeios que eu indico que você faça é esse, a Laguna Cejar e a Laguna Tebinquinche que, por ficarem próximas uma da outra, geralmente são visitadas de uma vez.

A Laguna Cejar, que fica a 25 quilômetros de San Pedro, é sem dúvida um dos lugares mais bonitos da região. Como a maior parte das lagoas do Atacama, a quantidade de sal presente aqui é tão grande que é impossível você afundar.

Apesar da lagoa ser gelada, vale a pena entrar um pouquinho para ficar boiando na superfície. Se a água fria te desanimar a entrar, o passeio não foi perdido: a paisagem é tão linda que já compensa a viagem.

A Laguna Cejar possui águas extremamente azuis e tranquilas, e é rodeada pelas areias claras do deserto e, ao fundo, pelas montanhas. A paisagem é cinematográfica e, como em todo o Atacama, possui um colorido único.

Perto dali, fica a Laguna Tebinquinche, um dos pontos turísticos do Atacama mais sensacionais. Não é permitido o banho.

Mas nem faz falta: o grande diferencial dessa lagoa é o pôr do sol. Como na lagoa Cejar, na Tebinquinche também há um jogo de cores incrível, que fica ainda mais bonito durante o pôr do sol.

Em todo o Atacama você verá um céu incrível e um entardecer indescritível, mas a Laguna Tebinquinche merece uma menção especial.

Escolha o período da tarde para esse passeio e não se esqueça da câmera para registrar esse momento tão especial.

A entrada para visitar ambas as lagoas custa 15.000 pesos chilenos.

Não perca tempo e reserve um passeio ao Lagoas Cejar e Tebinquinche saindo de San Pedro de Atacama

 5.  Salar de Atacama e Lagunas Altiplânicas

Pontos Turísticos do Atacama - Lagunas Altiplânicas com um lindo flamingo no meio do lago
Pontos Turísticos do Atacama – Lagunas Altiplânicas com um lindo flamingo no meio do lago

Um pouco mais ao sul, a aproximadamente 50 quilômetros de San Pedro, fica o Salar de Atacama. É um dos maiores desertos de sal do mundo e um dos mais famosos pontos turísticos do Atacama.

O grande diferencial desse salar é que ele não possui a superfície plana, como a do Salar de Uyuni, e sim uma superfície irregular, coberta de pedras de sal.

Um de seus principais atrativos é a Laguna Chaxa, um belíssimo lago com águas tranquilas e de um azul suave. Nessa lagoa, bem como no restante do salar, é muito comum ver um dos moradores mais famosos do Atacama: os flamingos.

O Salar de Atacama e as Lagunas Altiplânicas ficam dentro da Reserva Natural Los Flamencos, que é o habitat de três espécies dessas encantadoras aves. Nesse salar, é comum ver bandos de flamingos passeando despreocupadamente, ou se alimentando de pequenos peixes nas águas rasas da Laguna Chaxa.

Não muito longe do Salar de Atacama, ficam as lagoas de Miscanti e Miñiques, mais conhecidas como Lagunas Altiplânicas.

São provavelmente as lagoas mais famosas de todo o deserto, e certamente estão entre os pontos turísticos do Atacama obrigatórios. Ficam a mais de 4 mil metros de altitude, cercadas por majestosos vulcões e imponentes montanhas.

A paisagem é de tirar o fôlego. As duas lagoas, de águas cristalinas, ficam no meio do deserto, cercadas por um solo árido, com vegetação rasteira. O cenário é tão surreal que mais se parece com uma miragem.

Aqui, além dos flamingos, é possível ver outro dos adoráveis personagens do deserto: as vicunhas, simpáticos camelídeos andinos da família das lhamas.

Prepare a câmera e esteja bem atento para fotografar rapidamente esses animais, que não param quietos.

A entrada na Laguna Chaxa (que inclui o Salar de Atacama) custa 2.500 pesos chilenos. O mesmo preço da entrada para as Lagunas Altiplânicas.

 6.  Vulcão Lascar

Com mais de 5 mil metros de altitude, o Vulcão Lascar é um dos maiores e mais ativos do Chile. Fica a aproximadamente 130 quilômetros de San Pedro, e pode ser visto de grande parte da região que vimos acima.

Ideal para trekking, a subida até a sua cratera é certamente um desafio, mas a sensação de chegar lá em cima compensa qualquer dificuldade do caminho. São mais de 3 horas de subida em meio a paisagens que vão deixar você boquiaberto.

Lá em cima, você verá a gigantesca a assustadora cratera do vulcão. Apesar da subida não ser considerada de grande dificuldade, esse passeio é indicado para quem quer conhecer o lado mais selvagem do deserto.



As longas distâncias, o frio e o vento fazem desse um dos passeios mais extremos do Atacama, ideal para quem gosta de esportes de aventura e de muita adrenalina.

No entanto, por ser de elevada altitude, planeje com calma esse passeio, pois é necessário que você já esteja acostumado com a altitude e com o clima da região.

Além disso, só é possível fazer esse passeio contratando um guia, que pode ser facilmente encontrado nas agências de turismo da Rua Caracoles, em San Pedro. E, depois disso, não se esqueça da câmera para tirar uma infinidade de fotos quando chegar lá em cima.

A vista é incrível e o jogo de cores é sensacional. Não poderia ficar de fora de uma lista dos principais pontos turísticos do Atacama.

Reserve uma excursão a pé pelo vulcão Lascar

 7.  Gêiseres de Tatio

Geyseres del Tatio - Pontos Turísticos do Atacama
Geyseres del Tatio – Pontos Turísticos do Atacama

A 80 quilômetros ao norte de San Pedro, ficam os Gêiseres de Tatio, um dos maiores conjuntos de gêiseres do mundo.

Alguns jatos de água alcançam aproximadamente 10 metros de altura, com uma temperatura que chega perto de 80ºC.

Esse campo de gêiseres é conhecido por ser um dos mais exóticos pontos turísticos do Atacama, e uma de suas paisagens mais surreais.

De fato, a paisagem parece ser de outro mundo, e ver o espetáculo das colunas de água quente e da densa fumaça subindo em direção ao céu é uma experiência única.

Como os gêiseres só estão ativos nas primeiras horas da manhã, é necessário sair de San Pedro ainda de madrugada para aproveitar ao máximo o passeio aos gêiseres.

A entrada custa 5.000 pesos chilenos.

Clique aqui para contratar o passeio para os Gêiseres de Tatio, Banhos Termais e Vale dos Cactos

 8.  Termas de Puritama

A 30 quilômetros ao norte de San Pedro, fica outro dos pontos turísticos do Atacama que você não pode deixar de conhecer: as famosas Termas de Puritama.

Caso você tenha se assustado com as típicas águas geladas das lagunas da região, agora é a sua vez de aproveitar um banho: as águas de Puritama, com temperatura acima de 30ºC, são perfeitas para relaxar um pouco e se recompor do frio e do vento do Atacama.

As oito piscinas, que acompanham o leito de um rio, são naturalmente aquecidas pela atividade vulcânica. As águas, além de quentes, são cristalinas e cercadas por uma vegetação belíssima.

E, ao redor, o belo horizonte do Atacama, repleto de montanhas e vulcões, formam um pano de fundo de tirar o fôlego.

As termas são o lugar perfeito para encerrar sua visita pelo Atacama. Aqui você poderá relaxar e repor as energias que perdeu durante a viagem.

Como a entrada nas termas na parte da tarde é mais barata, uma boa ideia é visitar o Gêiser pela manhã e sem seguida visitar as termas.

A entrada, depois do almoço, custa 9.000 pesos. De manhã, o valor é bem mais alto: 15.000 pesos.

 Onde  ficar no Deserto do Atacama

Booking.com

 Dicas  para os viajantes do Deserto do Atacama

Para terminar, vou te dar mais algumas informações, para que você não fique perdido. A maioria dos passeios pelos pontos turísticos do Atacama tem como ponto de partida a cidade de San Pedro.

Lá, você encontra diversas empresas que oferecem esses passeios, mas você também pode ir de carro e, caso o passeio for dos mais curtos, você pode alugar uma bicicleta.

Em geral é preciso pagar uma taxa de entrada nos pontos turísticos, mesmo quando você contrata uma agência. Os passeios das agências cobrem só o transporte e, dependendo da empresa, lanches no local.

É importante também lembrar que, como muitos pontos turísticos do Atacama estão numa altitude muito elevada, é necessário cautela.

Primeiro, convém visitar os pontos mais baixos, para ir se acostumando, até que seu corpo consiga subir a altitudes mais elevadas.

E, como você deve imaginar, as temperaturas variam muito ao longo do dia. Convém sair com muitos agasalhos, e esteja preparado para ir tirando-os à medida que o dia esquenta.

Ou, se for de tarde, para fazer o processo inverso. E é só isso. O resto você vai descobrir lá. Prepare-se para viver alguns dos melhores dias da sua vida, e boa viagem.

 Planeje  sua viagem para o Deserto do Atacama

Após um turbilhão de informações no decorrer desse post, vou te dar a última dica: Em viagem, tempo é dinheiro. Esse ditado pode parecer comum, mas te garanto que nunca fez tanto sentido. Para economizar seu tempo, agrupei todos os sites que sempre utilizo em minhas viagens, Fica Ativo e Planeje-se.

Para planejar uma viagem, começo sempre pela hospedagem. Se for um passeio onde quero aproveitar todas as experiências da cidade, prefiro o Booking, mas quando é uma viagem em família já corro atrás mesmo é do AirBnb.

É tão recomendável que chega a ser obrigatório. O seguro viagem tem muitos pontos positivos, mas o principal para mim são os cuidados relativos à saúde assim como a cobertura em caso de acidentes, bagagem extraviada, entre outros. Para a cotação eu utilizo o Seguros Promo, ele tem a opção de forma de pagamento no cartão de crédito em até 12 vezes ou no boleto bancário.

#FicaAtivoNoCupom: até o dia 14/12/2020 o Seguros Promo está com uma promoção única de 15% de desconto em todos os planos de seguro viagem usando o cupom VERAO. Ah! E pagando via boleto bancário você tem mais 5% de desconto.

Tenho certeza que você não está lembrando de um detalhe, mas America Chip e eu temos a obrigação de te alertar. Ao chegar ao seu destino será necessário chamar um UBER, para isso a America Chip se faz presente com conexão de internet ilimitada em mais de 130 países pelo mundo. #FicaAtivoNoCupom: Utilizando o cupom FICAATIVO você ganha 5% OFF!

Experiência única e exclusiva, sua viagem dificilmente vai ser igual de outro viajante. O aluguel de carro garante essa oportunidade incrível. Através da RentCars, você consegue comparar preços entre as 18 locadoras ao redor do Chile.

Para evitar os famosos perrengue chique, eu prefiro fechar todos os meus passeios com antecedência, reservando eles pela nossa parceira GetYourGuide.

O momento em que vou bater o martelo da data da próxima viagem, utilizo o site que encontro os melhores preços e promoções de passagens áreas: Passagens Promo.



A Resolvvi te ajuda a solucionar problemas de voos atrasados, cancelados, overbooking ou perda de conexão. Você só precisa contratá-la quando de fato passar pelo perrengue e só paga se ganhar a ação. Até o momento não tive problema em minhas viagens nesse sentido, mas é sempre bom Ficar Ativo caso isso aconteça.

Daniel Gualberto
O desejo de poder sempre viajar e compartilhar minhas dicas com a maior quantidade de pessoas, me levou a entrar no mundo dos blogs e mídias sociais, e um dia ter o Fica Ativo e Viaja (#FAV) como um das mais respeitadas referência em blog de viagens do Brasil.

Post relacionados

Daniel Gualberto

O desejo de poder sempre viajar e compartilhar minhas dicas com a maior quantidade de pessoa!

16FansLike
176FollowersFollow
40FollowersFollow
- Propaganda -
- Propaganda -
- Propaganda -
- Propaganda -

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.