Pontos Turísticos em Cuiabá: 16 principais lugares para visitar

DestinoBrasilPontos Turísticos em Cuiabá: 16 principais lugares para visitar

Hoje eu vou falar um pouquinho sobre os pontos turísticos de Cuiabá, a surpreendente capital do Mato Grosso. Apesar de não estar entre as cidades do Brasil mais visitadas, Cuiabá oferece atrativos para todos os gostos, que certamente vão surpreender você.

Localizada numa região repleta de belezas naturais, Cuiabá se destaca principalmente pela natureza. Os três principais pontos turísticos da cidade são parques.

Além deles, a cidade é rodeada por muito verde, e bem pertinho ficam alguns dos destinos de ecoturismo mais procurados do Brasil.

Conhecida como Cidade Verde, Cuiabá é uma cidade que se preocupa com qualidade de vida e preservação ambiental.

A cidade também tem uma vida cultural bem movimentada. Possui muitos museus interessantes, galerias de arte e centros culturais.

História é outra coisa que não falta na cidade. Em seu centro histórico, há um importante conjunto de casarões centenários, onde o tempo parece ter parado.

E tudo isso sem deixar de oferecer todos os confortos da vida moderna. Cuiabá é uma cidade bastante organizada, com largas avenidas e edifícios modernos.

Então vamos logo conhecer os pontos turísticos de Cuiabá. Abaixo selecionei 16 pontos de visitação obrigatória, que você não pode deixar de conhecer durante seu passeio pela bela capital mato-grossense.

 1. Centro Geodésico da América do Sul

Centro Geodésico da América do Sul

Cuiabá é a cidade mais central da América do Sul. Para ser mais exato, o ponto mais central da América do Sul fica na Rua Barão de Melgaço, no centro da capital mato-grossense. 

Nesse lugar, fica o Centro Geodésico, um obelisco de 20 metros de altura. Ele marca o ponto mais central do continente.

Apesar de ser um dos principais pontos turísticos de Cuiabá, a pequena praça onde fica o Centro Geodésico não possui muitos atrativos. É a sede de alguns órgãos da prefeitura, como a Câmara dos Vereadores, mas para os turistas não oferece nada de muito especial. 

Mesmo assim, vale a pena fazer uma visita, tirar algumas fotos. Outro motivo que faz valer a pena a visita é que o Centro Geodésico fica bem no centro da cidade, bem pertinho de diversos outros pontos turísticos de Cuiabá.

No Centro Geodésico você vai se sentir, senão no centro do mundo, pelo menos no centro da América Latina.

Melhores ofertas: Hoteis e Pousadas em Cuiabá

 2. Museu do Morro da Caixa D’Água Velha

Museu do Morro da Caixa D’Água Velha

Pertinho do Centro Geodésico fica esse museu de nome estranho. E não é só o nome que é diferente não, pois esse é um dos museus mais curiosos que você vai conhecer na vida.

Considerado um dos pontos turísticos de Cuiabá mais inusitados, o Museu da Caixa D’Água fica dentro de um antigo reservatório de água.

Esse reservatório foi construído em 1882, para fazer o abastecimento de água da cidade. Depois de desativado, o reservatório serviu para várias funções, como por exemplo uma estação de rádio.

 Em 2007 o espaço foi transformado em museu.

Lá, você vai poder ver algumas peças antigas, de quando o espaço estava coberto de água. Ou seja, o museu conta a história do próprio museu, quando ele ainda não tinha essa função. 

Além disso, o Museu da Caixa D’Água é também um dos principais museus de arte da cidade, abrigando diversas obras e recebendo exposições de diversos artistas da cidade e da região.

A entrada é gratuita.

 3. Santuário Nossa Senhora do Bom Despacho

Também pertinho do Centro Geodésico fica o Santuário de Nossa Senhora do Bom Despacho, considerado por alguns a igreja mais bonita da cidade. Foi inaugurada por volta de 1950, no local onde havia uma capela do século XVIII. 

A igreja possui um traçado que lembra a arquitetura gótica, tendo sido inspirada em catedrais medievais da Europa. Um dos principais destaques do Santuário são os maravilhosos vitrais europeus. 

O interior possui uma decoração simples, com poucos detalhes. São poucas as esculturas e as pinturas, mas ainda assim é tudo muito bonito.

Ao lado do Santuário do Bom Despacho fica o Museu de Arte Sacra, que abriga um vasto acervo de imagens, roupas eclesiásticas e demais objetos religiosos. Alguns desses objetos datam do século XVIII, quando a cidade surgiu. Depois de conhecer o Santuário, não deixe de fazer uma visita ao Museu. 

A entrada no santuário é gratuita. Para o museu, é cobrada uma taxa de R$ 5.

 4. Sesc Arsenal

Sesc Arsenal

Também no centro da cidade fica o Sesc Arsenal, um dos principais pontos turísticos de Cuiabá. Esse importante centro cultural fica em um prédio histórico, do século XIX, que funcionou como um espaço militar.

Hoje, você encontra de tudo um pouco no Sesc Arsenal. Há atividades para todos os gostos e para todas as ocasiões, focadas principalmente em arte e cultura.

Há exposições de arte de diversos artistas e artesãos da região, apresentações de música e eventos educativos.

Nas quintas feiras, a partir das 18h, acontece por lá uma feira de artesanato e de gastronomia. Aproveite esse momento para comprar as obras dos artesãos da região e para provar a culinária local.

Mesmo nos outros dias, você pode experimentar os pratos mato-grossenses. O Sesc Arsenal conta com um restaurante muito bom, que serve os pratos tradicionais da cidade.

Você encontra informações sobre a agenda cultural do Sesc Arsenal no perfil do espaço no Instagram.

A entrada é gratuita.

 5. Centro Histórico

Ainda na região central, o Centro Histórico é um dos pontos turísticos de Cuiabá mais interessantes, que não pode ficar de fora de seu passeio.

A história de Cuiabá começa em 1722, quando bandeirantes paulistas, que viajavam pelo centro-oeste, descobriram ouro na região. Atraídos pelo ouro, garimpeiros de diversas regiões migraram para a região. 

Um século depois, Cuiabá já era uma cidade importante, tendo se transformado na capital da região de Mato Grosso. E o lugar onde a maior parte desse passado está preservado é justamente no Centro Histórico da cidade.

Andar pelas ruas do Centro Histórico é um dos melhores programas para fazer em Cuiabá. As charmosas ruas, repletas de casas antigas com fachadas coloridas, são um dos melhores lugares da cidade para tirar fotos.

O Centro Histórico é um daqueles lugares para visitar com calma. Suas ruas e praças guardam verdadeiros tesouros arquitetônicos e muitas belezas.

Um dos pontos altos da região é a Praça da República, o coração do centro histórico. Nessa praça ficam alguns monumentos que merecem destaque: a Catedral Metropolitana, o Palácio da Instrução e o Museu Histórico são verdadeiros tesouros arquitetônicos da cidade.

 6. Museu da Imagem e do Som

Museu da Imagem e do Som

Localizado em um casarão centenário, o Museu da Imagem e do Som é uma outra visita bem interessante para se fazer na cidade. Só pelo casarão onde ele fica já valeria uma visita.

Esse museu tem como função contar a história da música, do cinema e da comunicação em Mato Grosso, através de fotos, vídeos e objetos antigos.

Você vai poder viajar no tempo ao ver uma coleção de instrumentos musicais antigos, alguns dos quais nem existem mais. Filmadoras dos primeiros tempos do cinema também são destaque no museu.

Por todo lado, há fotografias que documentam a vida de antigamente em Cuiabá. Vinis e filmes antigos testemunham a criação artística mato-grossense de outros tempos.

Considerado um dos maiores pontos turísticos de Cuiabá, o Museu da Imagem e do Som é um passeio divertido e interessante, principalmente se você gosta de cinema e música.

A entrada é gratuita.

 7. Igreja de Nossa Senhora do Rosário e São Benedito

Igreja de Nossa Senhora do Rosário e São Benedito

Essa igreja é pequena, mas possui uma grande importância. A começar pelo nome: é uma das raras igrejas no Brasil dedicadas a dois santos. 

Outro motivo para sua grande importância é que ela é a construção mais antiga da cidade ainda de pé. Foi construída nos primeiros anos após o assentamento de garimpeiros que deu origem à Cuiabá. 

O lugar onde ela foi erguida fica bem pertinho do primeiro local onde foi descoberto o ouro da região.

A Igreja do Rosário e São Benedito foi construída, a princípio, de taipa. Ao longo do tempo, passou por diversas mudanças, mas suas características iniciais foram preservadas.

Seu exterior é bem simples, e segue um estilo bem comum da arquitetura colonial. O interior, no entanto, é bem mais elaborado, e conta com esculturas e pinturas de grande importância histórica e artística.

A Igreja do Rosário e São Benedito fica pertinho do Centro Histórico, e a apenas poucos metros do Museu da Imagem e do Som.

A entrada é gratuita.

 8. Orla do Porto

Orla do Porto

Às margens do Rio Cuiabá, um pouco ao sul do centro, fica um dos mais procurados pontos turísticos de Cuiabá: a Orla do Porto. Trata-se de um grande trecho da orla do rio que foi revitalizado e transformado em atração para moradores e turistas.

Ao longo da Orla do Porto, você vai encontrar restaurantes, bares e eventos culturais diversos. Não é raro acontecer por lá feiras gastronômicas e de artesanato, apresentações artísticas e muito mais. 

A área possui uma infraestrutura bem moderna, e é ideal para passeios a pé, andar de bicicleta ou sentar e curtir o movimento da cidade.

Numa parte da Orla do Porto fica a Vila Cuiabana, que é um conjunto de casas em estilo colonial, tipo as que você já viu ao caminhar pelo Centro Histórico. Aqui, na Orla do Porto, as casas não são reais: formam uma espécie de vila cenográfica. Mas as fachadas dessas casinhas são ótimos planos de fundo para suas fotos.

Além disso, outro atrativo da região é o Rio Cuiabá, que passa por ali. Na Orla do Povo há um mirante, de onde é possível contemplar as mais belas vistas do rio e dos arredores.

Ônibus – linhas 103 e 106 (todos os ônibus citados nessa lista passam pela Praça da República e arredores, no Centro Histórico da cidade). 

 9. Museu de História Natural

Museu de História Natural

O Museu de História Natural fica num casarão centenário, às margens do Rio Cuiabá. Pela importância de sua arquitetura e de seu acervo, é mais um dos pontos turísticos de Cuiabá que você não pode deixar de visitar.

Esse museu se divide em duas partes: a de paleontologia e a de arqueologia.

Na seção de paleontologia, o acervo é formado por fósseis de diferentes animais, incluindo dinossauros. Já na seção de arqueologia, você vai poder ver objetos fabricados pelos homens pré-históricos, como armas e objetos artísticos.

O interessante do Museu de História Natural é que, tanto os fósseis quanto as peças de arqueologia, foram encontrados na região. Ou seja, uma visita ao museu é uma verdadeira volta no tempo, para conhecer como era a pré-história no lugar onde hoje é o Mato Grosso.

O Museu de História Natural fica entre a Orla do Porto e a Ponte Sérgio Motta, às margens do Rio Cuiabá.

A entrada custa R$ 12. Ônibus – linha 409.

 10. Ponte Sérgio Motta

Ponte Sérgio Motta

Depois de visitar o Museu de História Natural, não deixe de conferir também a Ponte Sérgio Motta, que fica pertinho. Essa ponte liga a cidade de Cuiabá à cidade vizinha de Várzea Grande, que fica do lado sul do rio.

A Ponte Sérgio Motta foi inaugurada em 2002. Na época, foi considerada uma obra muito moderna, sendo uma das primeiras pontes estaiadas do Brasil.

A ponte é muito bonita, formando uma das paisagens mais incríveis da cidade. Essa região é bonita em todas as horas do dia, mas talvez o momento mais surpreendente seja ao entardecer.

Mas o que faz essa ponte ser um dos principais pontos turísticos de Cuiabá é a vista que se tem de cima dela. A ponte funciona quase como um mirante, de onde se tem paisagens maravilhosas do rio e de partes da cidade.

A Praça Popular é conhecida por ser um dos lugares mais agitados da cidade e ser o endereço de diversos bares e restaurantes badalados. Nos fins de semana, a praça fica repleta de moradores e de turistas.

Considerada o centro da vida noturna da cidade, nesta praça e em seus arredores você encontra alguns dos melhores restaurantes.

A Praça Popular oferece uma grande variedade de estabelecimentos. Desde bares, para tomar uma cerveja, até restaurantes sofisticados, por lá você vai encontrar o lugar perfeito para cada ocasião.

Se você procura um barzinho, o Salomé Bar e o Ditado Popular são boas opções. Bem descontraídos e despojados, esses bares são lugares ideais para tomar uma cerveja.

A comida japonesa é o forte do Haru Cozinha Oriental, do Aka Cozinha Japonesa e do Japonês Cuiabano.

Saindo da Praça Popular, você vai encontrar inúmeros outros restaurantes nas ruas vizinhas. Os bairros Popular e Quilombo são o principal polo gastronômico da cidade.

Os restaurantes mais destacados dessa região são o Acácia (Rua 24 de Outubro), o Mahalo Cozinha Criativa e o Varadero (ambos na Rua Castelo Branco).

O Bairro Popular fica pertinho do Centro Histórico. O Bairro Quilombo fica encostado ao Popular, na parte norte.

Ônibus – linha 119.

 12. Parque Tia Nair

Parque Tia Nair

Uma das principais características de Cuiabá é a natureza. A cidade conta com diversas áreas verdes em seu perímetro, além das atrações naturais que ficam nos arredores.

Dos parques urbanos da cidade, um dos mais legais é o Parque Tia Nair, que fica na região leste da cidade.

Esse parque foi criado bem recentemente. Possui uma estrutura moderna que oferece diversas possibilidades de lazer, como pistas para caminhada, academia ao ar livre, gramados e um grande lago.

No lago é possível andar de pedalinho, uma atividade super bem vinda nos dias mais quentes. Ao redor, é possível ver diversas capivaras, que adoram se refrescar na água do lago e tomar um sol estendidas no gramado.

O parque atrai muitos moradores, que procuram o local para a prática de esportes e para curtir um pouco a natureza. Além de ser uma das principais áreas de lazer da cidade, o parque é também um dos mais famosos pontos turísticos de Cuiabá, recebendo vários turistas. 

Com cenários deslumbrantes e um clima de tranquilidade, o Parque Tia Nair é um dos melhores passeios da cidade, e é perfeito para quem quer um bom lugar para tirar fotos e relaxar um pouco.

Ônibus – linhas 309 e 319.

 13. Parque Mãe Bonifácia

Parque Mãe Bonifácia

Outro das famosas áreas verdes da cidade, o Parque Mãe Bonifácia é um dos pontos turísticos de Cuiabá imperdíveis. Fica na região oeste da cidade, e apresenta alguns dos cenários mais bonitos e fotografáveis da capital mato-grossense.

O Parque Mãe Bonifácia é dividido em duas partes bem diferentes. Logo na entrada, há uma área gramada, com canteiros geométricos. Essa parte é a mais adequada para quem quer fazer um piquenique e pegar um solzinho.

Já a outra parte do parque é coberta por bosques muito verdes, que abrigam diversas espécies da vegetação do Cerrado e do Pantanal. Esse bosque é percorrido por diversas trilhas sob as árvores, que oferecem um ar puro e um clima refrescante.

Outro destaque do Parque Mãe Bonifácia é a paisagem da cidade que se tem de lá. O cenário das árvores com os prédios da cidade ao fundo é uma das imagens mais instagramáveis da cidade.

Anote uma dica: se você tiver que escolher um único lugar para curtir o entardecer na cidade, escolha o Parque Mãe Bonifácia. Apesar de ser uma região plana, o espetáculo do sol se pondo atrás dos prédios e das árvores é maravilhoso.

Ônibus – linhas 105 e 250.

 14. Parque das Águas

Parque das Águas

Localizado na zona norte da cidade, o Parque das Águas é provavelmente o mais famoso da cidade.

A grande atração desse parque é, como o nome já indica, as fontes de água. Todos os dias, às 20h, acontece um show de fontes luminosas.

Os jatos de água coloridos pelos holofotes fazem um verdadeiro espetáculo de dança. Não por acaso o conjunto de fontes que fica numa lagoa se chama Balé das Águas.

Há também o Túnel das Águas, uma atração imperdível em que é possível passar por baixo dos jatos de água sem se molhar (muito).

Além disso, o Parque das Águas reúne natureza, belas paisagens e uma ótima infraestrutura de esporte e de lazer. Não à toa é considerado um dos principais locais de lazer e um dos pontos turísticos de Cuiabá mais visitados.

Ônibus – linhas 213 e 323.

 15. Chapada dos Guimarães

Chapada dos Guimarães

Depois de conhecer os pontos turísticos de Cuiabá, nada melhor que conhecer alguns dos pontos turísticos do Mato Grosso. E um dos mais imperdíveis é a Chapada dos Guimarães.

A cidade de Chapada dos Guimarães fica a aproximadamente 70 quilômetros de Cuiabá. O parque da Chapada em si fica a uns 10 quilômetros da cidade, sendo um dos destinos de ecoturismo mais acessíveis do país.

O Parque Nacional da Chapada dos Guimarães foi criado em 1989, e é famoso por suas paisagens únicas, de beleza inesquecível. Seus montes, paredões, cachoeiras e grutas são algumas das paisagens mais incríveis que você vai conhecer.

A atração mais famosa do Parque da Chapada dos Guimarães é a Cachoeira Véu da Noiva. Geralmente essa cachoeira é vista apenas de longe, de um mirante de onde é possível contemplar os 86 metros de queda entre os paredões de pedra. Essa é a cena mais bonita da Chapada, e uma das mais fáceis de chegar, pois fica pertinho da entrada do parque.

Mas se você quer tomar banho de cachoeira mesmo, o ideal é seguir o Circuito das Cachoeiras. Nesse circuito, são seis cachoeiras paradisíacas, com água cristalina e refrescante.

Outra atração imperdível do parque é o Morro São Jerônimo. Esse é um dos circuitos mais difíceis do parque: são aproximadamente 5 horas de trekking até subir no alto do morro. Lá em cima, todo o esforço é recompensado com uma vista de tirar o fôlego.

A Caverna Aroe Jari é outro grande atrativo da região, mas não fica dentro do parque, e sim dentro de uma área particular. Essa é simplesmente a maior caverna de arenito do país. Dentro dessa caverna fica o famoso Lago Azul, um pequeno lago com águas surpreendentemente cristalinas, que se refletem nas paredes claras de arenito da caverna.

Além dessas atrações, a região da Chapada dos Guimarães conta com diversas outras atrações. Se você tiver tempo disponível, vale a pena conhecer o vale da Cidade de Pedra, o Mirante do Centro Geodésico, e a várias outras cachoeiras, grutas e montanhas da região.

A melhor forma de ir até a Chapada dos Guimarães é de carro. Alugar um carro em Cuiabá é a forma mais prática e mais barata de se deslocar até o parque.

Outra opção é ir de ônibus. A empresa CMT tem uma linha que faz o trajeto entre Cuiabá e a cidade de Chapada dos Guimarães. A passagem sai por menos de R$ 20. Vale lembrar que, caso você vá de ônibus, da cidade de Chapada até o parque será preciso alugar um carro.

Para conhecer as atrações da Chapada é obrigatório contratar um guia. Com uma pessoa que conhece bem a região, não vai ter como seu passeio dar errado. Nesse site há uma lista com todos os guias credenciados pelo ICMBio.

 16. Nobres

Cidade de Nobras

A 120 km ao norte de Cuiabá fica outra atração imperdível de Mato Grosso: a cidade de Nobres. Essa cidade é um dos destinos de ecoturismo que cresce no país.

Considerada a versão mato-grossense da cidade de Bonito, Nobres é famosa principalmente por causa de suas águas cristalinas. Os rios Triste e Salobra apresentam águas de um azul turquesa surreal.

Além dos rios transparentes, a região de Nobre ainda encanta os visitantes com belas cachoeiras, grutas, formações rochosas, e uma fauna e flora riquíssimas.

A principal atividade de Nobres é fazer flutuação em seus rios cristalinos. O Aquário Natural, um trecho do Rio Salobra, e o Rio Triste são os dois melhores lugares para nadar com snorkel e contemplar a vida aquática. As águas são limpas que é possível ver com perfeição os peixes.

Depois de passar o dia fazendo flutuação, vá para a Lagoa das Araras. Essa lagoa é um cenário maravilhoso, repleta de palmeiras. Durante o pôr do sol, as araras voltam para seus ninhos, fazendo uma algazarra no céu.

Se você quer um bom banho de cachoeira, a Cachoeira Serra Azul é o lugar perfeito. No meio de uma vegetação exuberante, com quase 50 metros de queda, essa cachoeira se destaca também por suas águas cristalinas.

Essas e outras atrações de Nobres ficam em áreas particulares. Para visitá-las, é preciso pagar taxas, muitas vezes não muito baratas.

Para chegar em Nobres, você pode alugar um carro ou ir de ônibus. A empresa CMT também oferece uma linha para a cidade de Nobres, e sai por mais ou menos R$ 45.

 Dicas para os viajantes de Cuiabá

Com todos esses pontos turísticos de Cuiabá que eu te apresentei, já deu para ter uma noção do que te espera nessa cidade. A capital mato-grossense, sem dúvida, é uma cidade que merece ser descoberta, pois tem um grande potencial turístico.

Muitos turistas só passam por Cuiabá a caminho de Nobres, da Chapada dos Guimarães ou do Pantanal, outro destino muito popular no Mato Grosso. Se você é um desses turistas, não deixe de reservar um ou dois dias para conhecer Cuiabá.

Tenha certeza que você vai gostar. Cuiabá é uma cidade grande que soube manter aquele jeitinho de interior. Além das belas atrações, os cuiabanos são muito receptivos e sabem receber bem todos os visitantes.

Tenha uma boa viagem!

 Planeje  sua viagem para Cuiabá

Após um turbilhão de informações no decorrer desse post, vou te dar a última dica: Em viagem, tempo é dinheiro. Para economizar seu tempo, agrupei todos os sites que sempre utilizo em minhas viagens.

Para planejar uma viagem, começo sempre pela hospedagem. Quando minha intenção é descanso e curtir o hotel vou de Zarpo. Se for um passeio onde quero aproveitar todas as experiências da cidade, prefiro o Booking.

É tão recomendável que chega a ser obrigatório. O seguro viagem tem muitos pontos positivos, mas o principal para mim são os cuidados relativos à saúde, você pode entender mais sobre o assunto no artigo “Porque contratar um seguro viagem nacional?” ou fazer cotação através do Seguros Promo.

#FicaAtivoNoCupom: até o dia 14/12/2020 o Seguros Promo está com uma promoção única de 15% de desconto em todos os planos de seguro viagem usando o cupom BRASIL. Ah! E pagando via boleto bancário você tem mais 5% de desconto.

O aluguel de carro garante a experiência única e exclusiva, sua viagem dificilmente vai ser igual de outro viajante. Através da RentCars, você consegue comparar preços entre 146 locadoras ao redor do Brasil.

O momento em que vou bater o martelo da data da próxima viagem, utilizo o site que encontro os melhores preços e promoções de passagens áreas: Passagens Promo.

A Resolvvi te ajuda a solucionar problemas de voos atrasados, cancelados, overbooking ou perda de conexão. Você só precisa contratá-la quando de fato passar pelo perrengue e só paga se ganhar a ação.

Decidiu não ir pelos ares? Quando eu viajo de ônibus, pesquiso os horários, preços e as linhas de destino pelo ClickBus.

Daniel Gualberto
O desejo de poder sempre viajar e compartilhar minhas dicas com a maior quantidade de pessoas, me levou a entrar no mundo dos blogs e mídias sociais, e um dia ter o Fica Ativo e Viaja (#FAV) como um das mais respeitadas referência em blog de viagens do Brasil.

Post relacionados

Daniel Gualberto

O desejo de poder sempre viajar e compartilhar minhas dicas com a maior quantidade de pessoa!

10FansLike
176FollowersFollow
41FollowersFollow
- Propaganda - spot_img
- Propaganda - spot_img
- Propaganda - spot_img
- Propaganda -
- Propaganda -

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.