O que fazer em Botucatu: Dicas gerais, onde visitar e onde ficar

BrasilSão PauloO que fazer em Botucatu: Dicas gerais, onde visitar e onde ficar

Para quebrar a rotina de trabalho ou estudos e tirar um descanso, nada melhor do que estar em contato com a natureza, não é mesmo? Se é isso que você busca, talvez tenha encontrado um bom destino: Botucatu, no interior do estado de São Paulo, é famosa pelas belíssimas cachoeiras e pelas formações geográficas marcantes. A cidade é conhecida pelo seu bom sistema educacional e também é chamada de “cidade dos bons ares” pelo gostoso clima provocado pelo seu relevo. Além disso, você encontra outras atrações na cidade como museus com diferentes temáticas e fazendas. Ficou com vontade de conhecer? Então continue lendo e venha descobrir o que fazer em Botucatu. 

Como chegar em Botucatu

Botucatu está localizada a cerca de 238,4 quilômetros da capital São Paulo. O Aeroporto mais próximo da cidade é o Aeroporto de Bauru, a cerca de 2 horas e 20 minutos de distância. Mas se este aeroporto não abranger os voos que você precisa, existem opções na cidade de São Paulo, como o Aeroporto Internacional de Guarulhos, o Aeroporto de Congonhas e outros.

Para ir de São Paulo até Botucatu, você pode optar entre carro e ônibus. De carro, os quase 240 quilômetros podem ser percorridos pela BR-374. Já de ônibus, você encontra horários pela Viação Santa Cruz e pela companhia Rápido Fênix.

Quando visitar Botucatu

Como o ecoturismo é um dos pontos fortes de Botucatu, vale a pena escolher as épocas mais quentes para programar sua viagem, caso você queira encarar a água das cachoeiras, que geralmente é bem fria. Mas fique de olho na previsão do tempo e fuja da chuva.

O que fazer em Botucatu

Pedra do Índio

A primeira dica do que fazer em Botucatu é pra quem gosta de apreciar uma vista de tirar o fôlego… A Pedra do Índio é um mirante localizado no Sítio Planalto, de onde os visitantes podem apreciar o visual formado pelas Três Pedras e outras formações rochosas da região. O nome do mirante vem de uma das rochas, em que se pode ver uma forma semelhante à silhueta do rosto de um índio, esculpida naturalmente.

Três pedras

Um dos mais famosos e característicos pontos turísticos da cidade não deve ficar de fora do seu roteiro do que fazer em Botucatu, principalmente se você gosta de trilhas e natureza. As Três Pedras são formações geográficas localizadas no Sítio Três Pedras. Você pode conhecer seus arredores e até mesmo chegar ao topo (com a ajuda de um guia). As Três Pedras seriam a parte que representa os pés do Gigante Adormecido – um conjunto de morros que se estende pelos municípios da região que seria semelhante a uma pessoa deitada.

Ponte Férrea Indiana

Já esta dica vai para os viajantes mais radicais! A Ponte Férrea Indiana é um dos lugares em Botucatu mais procurados para a prática de rapel – esporte caracterizado pela subida de paredões, vãos ou outros edifícios com o auxílio de uma corda. A belíssima vista certamente compensa o esforço da subida, mas lembre-se de se equipar com toda a segurança.

Morro de Rubião Júnior

O Morro de Rubião Júnior, também conhecido como Morro de Santo Antônio, é o ponto mais alto de Botucatu, a cerca de 920 metros de altitude. É neste ponto que está localizada a Igreja de Santo Antônio. O Morro de Rubião Júnior proporciona uma bela vista para a região, além de ser um importante ponto histórico, já que foi nesta área que a cidade de Botucatu começou a se desenvolver.

Complexo Turístico Véu da noiva

O calor brasileiro pede um bom lugar para se refrescar, não é mesmo? A nossa sorte é que somos abençoados com uma abundância de recursos naturais, mesmo nas cidades que não têm praia. Em Botucatu, conheça o Complexo Turístico Véu da Noiva. A cachoeira, apesar de não muito alta (cerca de 6 metros de altura), chama atenção pela sua largura, proporcionando ótimos banhos refrescantes. Para aproveitar ainda mais, o local conta com dois toboáguas e uma área de lazer em seu entorno.

Cachoeira da Marta

A Cachoeira da Marta está entre as mais visitadas por quem procura o que fazer em Botucatu. Na verdade, este ponto turístico abrange duas cachoeiras: a primeira, de 37 metros de queda, deságua em um poço fundo, ótimo para quem gosta de nadar. Se prepare para uma caminhada para chegar até lá, pois a cachoeira é acessível por meio de trilha. A segunda possui uma descida mais complicada, o ideal é ter um guia para te auxiliar.

Cachoeira Indiana

Outra boa dica do que fazer em Botucatu se você procura aquele renovador banho de cachoeira é a Cachoeira Indiana. Esta cachoeira possui uma queda d’água pequena, mas seu tobogã natural faz sucesso entre os visitantes. Outro atrativo é que ela fica localizada no Espaço Indiana, que serve almoço durante os finais de semana – você pode aproveitar e comer por lá mesmo.

Fazenda Pavuna

Quer encontrar várias belezas naturais reunidas em um só lugar? Inclua a Fazenda Pavuna no seu roteiro, propriedade que conta com nada menos do que cinco cachoeiras. A primeira delas, conhecida como Pavuna 1, possui 48 metros de queda d’água, a Pavuna 2 possui 36 metros, a Pavuna 3 possui 14 metros de altura (mas não perde em nada no quesito beleza), a Pavuna 4 possui um ótimo poço para o nado e, finalmente, a Pavuna 5 possui impressionantes 86 metros.

Bairro Demétria

O charmoso bairro Demétria também vale uma visita. Este bairro se formou a partir da produção agrícola biodinâmica e, até hoje, este é um de seus pontos fortes: a Feira Cultural Bairro Demétria acontece às terças pela manhã vendendo produtos orgânicos.

Basílica menor de Santana

Se erguendo imponente em meio ao Centro Histórico de Botucatu, a Basílica Menor de Santana vale uma parada. A arquitetura da Basílica é em estilo gótico, inspirada em construções medievais. É na frente desta igreja que acontecem muitas celebrações da cidade, sendo não apenas um local de fé, mas um dos mais importantes pontos turísticos de Botucatu.

Feira de Arte e Lazer da Cuesta

A Feira de Arte e Lazer acontece uma vez por mês em Botucatu e exibe inúmeros produtos artesanais, além de divertir os visitantes com apresentações artísticas e culturais. Se bater aquela fome, você encontrará um bom lanche na Praça de Alimentação da Feira.

Parque Amaral Amando de Barros

Se o que você procura é um gostoso espaço de convívio com a natureza em meio à cidade, faça uma visita ao Parque Amaral Amando de Barros. O espaço de cerca de 10 hectares conta com áreas verdes, trilhas, lago e outras atrações, além de auditório para eventos e exposições sobre preservação ambiental.

Praça Brasil-Japão

A Praça Brasil-Japão também é um bom lugar para passear e relaxar em Botucatu. Inspirada na arquitetura japonesa, possui elementos como a ponte, o lago com carpas e os portais. Além disso, o Parque conta com playground e caixa de areia para as crianças.

Rio Bonito

As margens do Rio Tietê em Botucatu se tornaram um grande ponto turístico na região. Seus arredores são cercados por ranchos e casas de verão, e a orla do rio, chamada de Nilton Luiz Prearo, conta com espaço para prática de esportes, além de ser um bom lugar para contemplar a beleza do rio.

Museu de Arte Contemporânea Itajahy Martins

Claro que o ecoturismo é um dos grandes atrativos da cidade, mas se você curte programações culturais também encontrará o que fazer em Botucatu. O Museu foi fundado em 1984, e, atualmente, concentra um acervo de mais de 250 obras de artistas plásticos do Brasil e do mundo. Seu nome é uma homenagem a Itajahy Martins, um dos artistas locais responsáveis pela iniciativa da construção do museu.

Museu do Café

Acho que muita gente vai concordar que poucas coisas são tão boas de manhã quanto o cheirinho de café passado na hora se espalhando pela casa… A importância daquele cafezinho no dia a dia dos brasileiros, todo mundo conhece. Mas que tal conhecer mais sobre a importância do café na história do Brasil? No século XIX, muitas cidades do estado de São Paulo se destacaram no cultivo de café, um dos principais produtos para a economia do país.

O Museu do Café conta um pouco sobre essa história. Sua sede é o casarão da Fazenda Lageado, que abrigou a primeira Estação Experimental de Café do Brasil, realizando pesquisas sobre a cafeicultura. O Museu exibe documentos, equipamentos e mobiliários desse período, além de peças arqueológicas encontradas na região.

Museu do Boiadeiro

Uma figura muito importante para a história da região é a do boiadeiro, integrante de comitivas que transportavam gado de uma cidade a outra. Homenageando essa história, o Museu do Boiadeiro foi fundado em 1983 e traz um acervo relacionado à vida dos chamados peões de boiadeiro.

Museu de Ensino e História Francisco Blasi

Para conhecer um pouco mais sobre a história da cidade, inclua no seu roteiro do que fazer em Botucatu o Museu de Ensino e História Francisco Blasi. Este museu guarda uma série de objetos que totalizam quase 14.000 peças sobre o passado. Um dos destaques são os uniformes dos pracinhas botucatuenses que lutaram durante a Segunda Guerra Mundial.

Onde ficar em Botucatu

Agora que você já está por dentro das melhores dicas do que fazer em Botucatu, conheça também algumas opções de hospedagem na cidade com um bom custo benefício.

O Riellis Center Hotel, por exemplo, é um hotel 4 estrelas que possui acomodações com ar condicionado, wifi e outras comodidades. Além disso, este hotel tem um lounge compartilhado para os hóspedes e oferece café da manhã.

Outra opção de hospedagem em Botucatu é o Excellence Plaza Hotel. Suas acomodações possuem TV, ar condicionado e wifi, e também serve um café da manhã continental incluso nas diárias.

Dicas para o viajante de Botucatu

Se você gostou dessas ideias do que fazer em Botucatu e já está pronto para fazer as malas não se esqueça das dicas finais: leve roupas e calçados adequados para caminhada, principalmente se tiver intenção de fazer as trilhas. Nem todas são de fácil acesso e um calçado pouco adequado pode até te colocar em risco.

Boa viagem e aproveite Botucatu!

Daniel Gualberto
O desejo de poder sempre viajar e compartilhar minhas dicas com a maior quantidade de pessoas, me levou a entrar no mundo dos blogs e mídias sociais, e um dia ter o Fica Ativo e Viaja (#FAV) como um das mais respeitadas referência em blog de viagens do Brasil.

Post relacionados

Daniel Gualberto

O desejo de poder sempre viajar e compartilhar minhas dicas com a maior quantidade de pessoa!

10FansLike
176FollowersFollow
42FollowersFollow
- Propaganda - spot_img
- Propaganda - spot_img
- Propaganda - spot_img
- Propaganda -
- Propaganda -

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.