O que fazer em Extrema: Dicas gerais, onde visitar e onde ficar

BrasilMinas GeraisO que fazer em Extrema: Dicas gerais, onde visitar e onde ficar

Cidade pequena do sul de Minas, pelo menos em termos do número de habitantes, Extrema é, por outro lado, um grande destino turístico. Localizada ali, junto à Serra da Mantiqueira, o clima de montanha se une às paisagens encantadoras da Mata Atlântica. São diversas cachoeiras, rios e parques que atraem turistas de todo o Brasil, apaixonados pelos encantos de Minas Gerais, além de atrativos urbanos típicos do interior do estado. Se você também quer se apaixonar por essa cidade, não perca a chance de planejar o que fazer em Extrema. 

Como chegar em Extrema

A cidade de Extrema fica no sul de Minas – é a última cidade no extremo sul, como o nome já diz – por isso, está mais próxima à capital de São Paulo do que à de Minas Gerais, Belo Horizonte, que está a 478,5 quilômetros da cidade. Por isso, se você vem de avião, pode procurar voos para o Aeroporto Internacional de Guarulhos (GRU), em São Paulo. A distância do aeroporto até Extrema é de aproximadamente 2:45 h. 

Você também pode optar por ir de ônibus, uma opção que, apesar de mais demorada, costuma ser mais em conta. Saindo de São Paulo capital, você encontra uma boa disponibilidade de horários pela Viação Cambuí. Os ônibus que saem de Belo Horizonte e vão para São Paulo, em geral, passam por Extrema. Também é uma opção para quem sai da capital mineira. 

Quem viaja de carro costuma ter uma mobilidade maior para se locomover para onde desejar. O principal acesso é pela Rodovia Fernão Dias, a BR 381. 

Quando visitar Extrema

Você não vai ter dificuldades de encontrar o que fazer em Extrema em qualquer época do ano. Por isso, a decisão fica mesmo a cargo do seu gosto. O clima entre as montanhas e a proximidade da Serra fazem com que o inverno em Extrema chegue a baixas temperaturas, tornando um ambiente gostoso para um passeio romântico. Mas lembre-se que no alto da serra faz frio, por isso, se você preferir um clima mais ameno, espere até o verão. 

O que fazer em Extrema

As melhores atrações em Extrema foram divididas em cinco diferentes Rotas, para facilitar a vida dos turistas. No Centro de Informações Turísticas (CIT) da cidade, você pode obter mais informações e, ainda, contratar guias para te acompanharem nos seus passeios. 

Conheça aqui quais são essas rotas e quais são seus atrativos para programar seu roteiro do que fazer em Extrema. 

Rota das Águas

A Rota das Águas teve como base a criação do Projeto Conservador das Águas, voltado para a preservação e recuperação de matas ciliares e nascentes. A Rota envolve a região do Rio Jaguari, que, além de proporcionar uma paisagem incrível, é um dos melhores lugares no Brasil para a prática de rafting. 

É também na Rota das Águas que está localizado o Parque Municipal da Cachoeira do Salto. Quem gosta desse tipo de atrativo e procura o que fazer em Extrema, não deve deixar de conhecê-lo. O Parque possui uma boa infraestrutura de lazer, com playground, aparelhos de ginástica, quiosques e mirante natural, além, é claro, da cachoeira. É importante saber que a forte correnteza torna a cachoeira imprópria para banho – por isso, tome cuidado. 

Quem quiser percorrer a Rota das Águas também pode conhecer o Pico do Lobo Guará, que rende uma vista deslumbrante de toda a região, sendo um ponto ideal para os mais aventureiros que quiserem saltar com paraglider. 

Além de todos esses pontos turísticos naturais, na Rota das Águas você também poderá conhecer algumas delícias típicas do interior de Minas, como doces, queijos e cachaças, e praticar turismo rural, conhecendo um apiário na região. Também faz parte da Rota das Águas a Capela de Nossa Senhora da Conceição Aparecida, construída em 1920. 

Rota das Pedras

Já a Rota das Pedras é para quem quer admirar a beleza única das formações geográficas características de Minas, com seus mares de morros. Aprecie a vista do alto da Serra das Anhumas, conheça a flora e a fauna da região ou até pratique escalada nas pedras. 

Para quem quer vivenciar uma experiência espiritual, na Rota das Pedras estão alguns espaços de retiros holísticos, como o Retiro Tao Tien.

E se você gosta de uma boa cerveja artesanal, a Rota das Pedras também vai te agradar, pois passa por uma cervejaria nesse estilo. 

Rota das Rosas

Quem se interessa por turismo religioso e busca o que fazer em Extrema terá uma boa experiência com a Rota das Rosas. Seu principal atrativo é o Santuário de Santa Rita de Cássia, que data de 1850, e tem obras do artista italiano Alfredo Mucci, além da imagem fac símile de Santa Rita de Cássia, a padroeira de Extrema. A imagem veio acompanhada de um pedaço de seu manto e um pequeno fragmento ósseo, que tornaram Extrema a primeira cidade brasileira a possuir duas relíquias originais de sua padroeira.

Além do Santuário, a Rota das Rosas também compreende o Parque Municipal da Cachoeira do Jaguari, que possui queda d’água, trilhas às margens do Rio Jaguari, aparelhos de ginástica, cervejaria artesanal, playground e outros atrativos. Não é aconselhado nadar na cachoeira, também devido à alta correnteza. 

Além disso, a Rota das Rosas inclui restaurantes e pousadas, e é uma boa pedida para quem busca fazer algumas comprinhas, pois abrange a Feira do Produtor Rural, com várias delícias produzidas e cultivadas pela população rural da região. Além disso, essa Rota compreende bons pontos de venda de artesanato produzido localmente.

Rota do Sol

Com trilhas de jipe, moto ou bicicleta no Alto da Serra das Anhumas, a Rota do Sol é para aqueles que gostam de aventuras em meio à natureza. 

Quem quiser tomar um bom banho de rio, pode ir conhecer a Prainha do Juncal. Outra dica de atrativo natural que faz parte da Rota do Sol são a Caverna da Toca da Onça e a bela Cachoeira das Anhumas.

Mas se o seu interesse é conhecer mais e poder experimentar os sabores da cultura mineira, a Rota do Sol também é uma boa escolha, pois vai te conduzir a cachaçarias, restaurantes de comida mineira, pousadas e lojas de artesanato. 

Rota dos Ventos

Os viajantes aventureiros que buscam o que fazer em Extrema com certeza vão gostar desta dica, pois a Rota dos Ventos envolve várias trilhas e pedras onde você pode praticar rapel e escalada. 

Um dos principais atrativos da Rota dos Ventos são as trilhas que levam à Serra do Lopo, que faz parte do Complexo da Mantiqueira e demarca a divisa entre Minas Gerais e São Paulo. O nome se deve à grande quantidade de lobos-guará que habitam a região. A trilha que leva até o Pico, que possui de 880 a 1725 metros de altitude, não é de grande dificuldade, sendo amigável para quem não está tão familiarizado com esse tipo de experiência. Apesar disso, é uma boa caminhada, vá preparado(a) e se você tiver mais dificuldade não deixe de contratar um guia. Você pode apreciar a vista e a grande biodiversidade característica da Mata Atlântica. 

Durante o caminho, você pode fazer paradas para conhecer a Pedra das Flores, uma área plana cuja vista surreais da região faz valer a pena o trajeto. Além dela, você pode conhecer a Pedra do Cume, ponto mais alto da Serra do Lopo, e o Pico dos Cabritos, todas rampas de voo livre. Mesmo se você não for adepto(a) dos passeios cheios de adrenalina, curta a vista a partir dos mirantes naturais e terá uma experiência incrível. 

Onde ficar em Extrema

Agora que você conhece as principais rotas turísticas na cidade e já decidiu o que fazer em Extrema, encontre uma boa acomodação que vai tornar sua estadia confortável. Veja aqui algumas dicas para quem estar procurando o que fazer em Extrema para se hospedar com um bom custo benefício:

A Pousada Recomeço da Paz possui quartos bem equipados com área de estar, TV e ar condicionado. Para os momentos de lazer, a pousada possui um belo terraço com piscina e jardim. Além do café da manhã, que está incluso nas diárias, a Recomeço da Paz ainda possui restaurante.

Outra dica para se acomodar em Extrema é o belo Hotel Pousada Muxarabi, que possui vista para as montanhas, além de piscina, sauna seca e sala de TV. O Hotel tem chalés com uma decoração rústica e aconchegante, com lareira, frigobar, área de estar e até varanda com rede e banheira de hidromassagem em alguns deles. O Hotel Pousada também possui café da manhã e restaurante. 

Dicas para os viajantes

Se você está em busca de aventuras ou de uma viagem sossegada em meio à Serra, Extrema é uma ótima dica de passeio e muito procurada, tanto por quem mora em Minas Gerais quanto por quem mora em São Paulo. 

Não deixe de levar roupas e calçados adequados e confortáveis para fazer as trilhas e não se esqueça do friozinho que faz no alto da Serra na hora de fazer as malas.

Boa viagem e aproveite suas dicas do que fazer em Extrema!

Daniel Gualberto
O desejo de poder sempre viajar e compartilhar minhas dicas com a maior quantidade de pessoas, me levou a entrar no mundo dos blogs e mídias sociais, e um dia ter o Fica Ativo e Viaja (#FAV) como um das mais respeitadas referência em blog de viagens do Brasil.

Post relacionados

Daniel Gualberto

O desejo de poder sempre viajar e compartilhar minhas dicas com a maior quantidade de pessoa!

10FansLike
176FollowersFollow
42FollowersFollow
- Propaganda - spot_img
- Propaganda - spot_img
- Propaganda - spot_img
- Propaganda -
- Propaganda -

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.